Brendan Fraser: ator sumiu de Hollywood por ter sido assediado

Após ter sido assediado por um homem poderoso em Hollywood, Brandon entrou em depressão e não conseguiu segurar a barra.

Lembra do Brendan Fraser, astro de “A Múmia”? O cara estourou nos anos 1990 e de repente sumiu dos holofotes, sem que a gente entendesse o motivo. Agora, o ator resolveu quebrar o silêncio em uma entrevista a GQ Magazine.

Ele conta que foi assediado, em 2003, pelo jornalista Philip Berk, que era presidente da Associação de Imprensa Estrangeira, responsável pelo Globo de Ouro. Tudo começou com um aperto de mão, num evento promovido pela organização do prêmio. “Com a mão esquerda ele começou a me apalpar, agarrou minha minha nádega, e um de seus dedos tocou meu períneo. E ele começou a mexer ali. Eu me senti nauseado”.

Brendan diz que conseguiu afastar a mão do homem, mas aquilo lhe desconcertou. “Me senti como uma criança. Senti como se tivesse uma bola na minha garganta. Eu achei que ia chorar”.

O ator conta que optou por não fazer uma denúncia, pois Berk era uma figura poderosa na época. Ele também se sentia culpado pelo ocorrido e tornou-se depressivo. “Aquele verão passou e eu nem consigo lembrar no que estava trabalhando”.

Depois disso, Brendan nunca mais fez filmes de sucesso. “Isso [o assédio] fez com que eu me fechasse. Tornei-me recluso”. Deprimido, ele também diz que o episódio fez com que o trabalho já não fizesse mais sentido.