Brendha Haddad, a Neuma de Salve Jorge, decidiu fazer trabalho corporal para não passar vergonha

Nascida no Pará e criada no Acre, a atriz é formada em direito e namora um delegado do Amapá

Siga o mdemulher no Instagram

Brendha Haddad posa na Praia da Reserva, no Rio de Janeiro
Foto: Moscow

Há sete meses, Brendha Haddad, 27 anos, cumpre um ritual: à noite senta-se em frente à TV para assistir à novela “Salve Jorge” (Globo). Atenta, acompanha o desenrolar da trama e dos personagens. A princípio, a atriz foi escalada para viver Natascha, neta de seu Galdino (Francisco Carvalho), mas na reta final foi chamada para interpretar a policial Neuma.

E a atriz agarrou a oportunidade com unhas e dentes. O universo policial não é algo totalmente desconhecido para Brendha. Formada em direito, na época da universidade adorava estudar a área criminal e entende bastante de leis penais. E, apesar de não advogar, a atriz tem um laboratório permanente: há dois anos namora o delegado de polícia Valter Parr, 33, que mora no Amapá.

Nascida em Belém do Pará, mas criada no Acre, Brendha já está acostumada a viver na ponte aérea. Desde sua estreia na TV, em 2007, na minissérie “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes” (Globo), a atriz mora sozinha no Recreio, Rio de Janeiro. Os pais e os irmãos ainda vivem em Rio Branco, capital do Acre.

Para compor a personagem (que seria uma fogosa moradora do Morro do Alemão), há um ano contratou uma personal trainer e ganhou mais massa muscular. Hoje exibe 53 quilos em 1,65 metro, coxas torneadas e cintura fina. “Tenho dificuldade para engordar, mas, quando conheci o funk e o universo das garotas do Alemão, percebi que elas eram muito mais gostosas do que eu. Decidi fazer um trabalho corporal para não passar vergonha”, brinca a atriz.

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO 1964 DE CONTIGO!.