Britto Jr. fala sobre A Fazenda

Ele revela detalhes sobre o novo reality show da Record, repleto de famosos, que estreia neste domingo

Britto Jr. vai exercitar seu lado animador em A Fazenda
Foto: Cida Souza

O jornalista Britto Jr. se afastou do programa Hoje em Dia no começo do mês. Para sua felicidade, porém, nesse momento tão importante da carreira, esteve bem longe do sossego! Ele andou a mil por hora preparando-se para estrear, no domingo, 31, o reality show A Fazenda, também pela Record. A emissora fez = segredo até o último momento sobre os nomes das 14 celebridades participantes, entre as quais Danni Carlos, Luciele Di Camargo, Dado Dolabella, Théo Becker, Mirella Santos, Jonathan Haagensen, Danielle Souza (Mulher Samambaia), Marina Mantega e Carlos Alberto da Silva (Mendigo).
 
O apresentador também entrou no clima de mistério, mas contou a TITITI como pretende comandar a atração. “Visitei diversas vezes a fazenda onde deverei ‘morar’ por três meses, estudei o roteiro do primeiro episódio, as regras do jogo e o perfil de cada um dos candidatos. Vou fazer muito suspense”, revelou Britto, de 46 anos, todo entusiasmado. Comunicador de primeira, ele atribui à sua versatilidade o sucesso que conquistou em 28 anos de trajetória, sendo os quatro últimos no Hoje em Dia, ao lado de Ana Hickmann, Edu Guedes e Chris Flores.
 
Casado com a publicitária Fernanda Fernandes Britto e pai de Arthur, 4 anos, o jornalista só penou para se adaptar ao novo horário de trabalho. Para fazer a revista eletrônica, ele acordava às 6 da manhã e dormia mais cedo. Como o reality show será exibido perto das 23 h, tudo mudou.

TITITI – Como se sente em ter sido escolhido para apresentar A Fazenda?
Britto Jr. –  Estou contente, com ela vou exercitar meu lado de animador. Acredito que fui indicado por ter um perfil que une credibilidade e jogo de cintura. E, quando terminar, volto para o Hoje em Dia, que é como um filho para mim.

Conta pra gente: as provas serão baseadas na força física?
Os participantes passarão por provas de força física e estratégia, tudo bem costurado pelo viés psicológico.

Pedro Bial, que há anos está à frente do BBB, pode ser considerado fonte de inspiração pra você?
O Bial é um modelo porque apresenta um programa no mesmo formato. Mas tenho minha pegada, que é alegre, mais ligada à emoção e ao suspense.

Já disseram que você quer ser um novo Silvio Santos… Verdade?
Não quero ser ninguém além de mim mesmo. O Silvio tem todas as técnicas, é um grande apresentador, um espelho. Porém, não há mais espaço para um Domingão do Brittão ou para um Caldeirão do Britto. O mercado evoluiu e a tendência atual é de programas com diversos jornalistas, apresentadores e animadores que tenham versatilidade.

Foi difícil trocar a Globo pela Record quatro anos atrás?
Olha, não me arrependi em nenhum momento de ter feito isso. Há oito anos, eu ofereci na TV Globo o projeto de um programa exatamente como é o Hoje em Dia, mas eles não tinham espaço na grade.

E aí a Record o convidou?
Em 2005, ela me chamou para assumir um programa parecido com aquele que eu tinha proposto. Era a hora certa… Sabe quando o universo conspira a favor?