Bruce Jenner se apresenta como mulher em revista: “Estou livre”

Caitlyn Jenner apareceu pela primeira vez na Vanity Fair

Caitlyn Jenner é a capa da Vanity Fair deste mês. É assim que Bruce Jenner, padrasto de Kim Kardashian, quer ser conhecido a partir de agora. Aos 52 anos, a ex-atleta olímpica assumiu sua nova identidade na edição de junho da revista americana. “Me chame de Caitlyn”, reforça ela na capa enquanto posa para as lentes de Annie Leibovitz diretamente de sua casa em Malibu, na Califórnia.

“Bruce sempre teve que contar uma mentira. Ele sempre estava vivendo aquela mentira. Todos os dias ele tinha um segredo, da manhã até à noite. Caitlyn não tem nenhum segredo. Assim que a Vanity Fair sair, eu estou livre”, afirmou à revista. “Se eu estivesse no meu leito de morte ainda guardando este segredo, sem fazer nada sobre ele, eu estaria lá dizendo ‘você desperdiçou sua vida inteira”, declarou.

Após anos de rumores, Jenner anunciou em abril que daria início à mudança de sexo e que assumiria a personalidade que considera seu verdadeiro eu. “Sempre me senti muito confuso com minha identidade de gênero. Meu cérebro é mais feminino que masculino. As pessoas custam a entender isso, mas minha alma é assim”, explicou em entrevista ao canal de TV ABC.

Bruce foi casado três vezes e tem seis filhos. Seu relacionamento mais duradouro foi com Kris, a matriarca do clã Kardashian-Jenner, com quem ficou casado por 23 anos – até anunciar a separação, em 2013. Na época, já falava-se que ele queria se assumir transgênero. Caitlyn sempreve manteve uma relação muito próxima com a família e contou com grande apoio das filhas.

Kim revelou nesta segunda-feira (1) que está esperando seu segundo filho.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)