Misses citam dados de violência ao invés de suas medidas

As participantes do Miss Peru resolveram mostrar em rede nacional os dados de violência contra as mulheres no país.

Siga o mdemulher no Instagram

As candidatas do Miss Peru 2018, que aconteceu no último domingo (29), transformaram o concurso em um ato pelo fim da violência de gênero e do feminicídio. Durante suas apresentações, ao invés de revelarem as medidas do corpo, elas citaram os dados de assassinatos e agressões a mulheres no país.

“Minhas medidas são: 2.202 casos de feminicídio reportados nos últimos nove anos no meu país”, disse a candidata Camila Canicoba Llaro, de Lima. “Minhas medidas são: 81% dos agressores de meninas menores de cinco anos são próximos da família”, ressaltou Melody Vegas, candidata por Libertad.

E não foram só as candidatas que se posicionaram, durante o desfile com roupas de banho, a cantora Leslie Shaw interpretou a canção “Sempre Mais Forte” enquanto recortes de jornais apareciam na tela de fundo, com manchetes sobre violência de gênero.

A hashtag #MisMedidaSon (Minhas Medidas São, em português) foi uma das mais comentadas do Twitter do Peru durante o programa e os internautas elogiaram a iniciativa, além de exaltarem a força de denunciar a violência de gênero em um evento tradicional que alcança milhares de pessoas.