Carol Ribeiro fala da pressão no tapete vermelho: ”Quando acaba, só tenho vontade de abrir uma cerveja!”

Modelo conta que já elegeu sua atriz preferida no red carpet

Nesta terça-feira (05), a modelo e apresentadora fez um rápida passagem por Belo Horizonte para desfilar para a Fabiana Milazzo, marca que abriu o lineup do Minas Trend primavera/verão 2017. Batemos um papo com a bela minutos antes da passarela. Confira:

Fale um pouco da sua carreira como apresentadora.
Eu fui apresentadora da MTV por quatro anos, primeiro no “A Fila Anda” e depois no “It”. Passei um tempo fora da TV e, então, recebi o convite da TNT para apresentar o “Mapa do Pop”, um programa sobre locações de filmes ao redor do mundo. A primeira temporada já foi ao ar e, em breve, vamos gravar a segunda e a terceira.

Como você se prepara para cobrir os eventos mais badalados do cinema, como Oscar e Globo de Ouro?
Assisto a todos os filmes e estudo bastante os atores e diretores. No Oscar deste ano, porém, foi uma loucura! Descobri, apenas na noite anterior ao evento, que apresentaria a primeira parte do tapete vermelho, quando roteiristas, documentaristas e diretores de animação dão entrevistas  – pessoas, em geral, desconhecidas do grande público. Virei a noite estudando tudo de novo!

Qual é seu filme preferido da safra deste ano?
“Spotlight”. E, olha, as pessoas vão querer me matar! Gosto muito do Alejandro Iñárritu e achei “O Regresso” incrível, mas acho que o Leonardo DiCaprio não deveria ter ganhado o Oscar. O prêmio poderia ter sido dado a outro ator, como o Eddie Redmayne. Ele é demais!

E qual a atriz mais bem vestida?
A Alicia Vikander. Ela é a mais linda, a mais bem vestida, a mais educada .É engraçado como a percepção muda quando você está no tapete vermelho. Não acho mais os galãs tão bonitos. Pelo contrário: atores que não costumam chamar tanta atenção parecem mais charmosos, menos artificiais.O Steve Carell, por exemplo, tem uma luz diferente. 

Você fica com um friozinho na barriga na hora de apresentar?
É um dia de extremo nervosismo. Quando acaba a transmissão, só tenho vontade de abrir uma cerveja! No Oscar deste ano, fiquei estudando até 3h30, dormi muito pouco e acordei às 6h para fazer cabelo e maquiagem – precisava estar no tapete vermelho às 12h. Terminamos somente às 17h.

Como foi a escolha do look?
Eu usei um vestido todo bordado da Printing. O stylist Dudu Farias produziu vários looks e eu fiz a escolha juntamente com a produção da TNT. 

Você viaja muito. Quais são os itens-chave que você costuma colocar na mala?
Não viajo sem uma calça jeans, uma camiseta, um cardigã e um blazer. Não importa o destino, eu sempre levo esses itens comigo. Além, é claro, do meu nécessaire com produtos de beleza manipulados.

O que é #terestilo?
Ter estilo é entender quem você é, se conhecer e vestir o que te faz bem, sem se preocupar com tendências.