Carolina Dieckmann: “Eu me acho pegável”

No ar como a Teodora de Fina Estampa, Carolina Dieckmann comemora a melhor fase da sua vida

Apesar do corpão, Carolina Dieckmann reclama: “Não gosto de ser gostosa”
Foto: Agnews

Na pele da interesseira Teodora, Carolina Dieckmann tem dado o que falar na novela Fina Estampa. Alvo de críticas de famosos – Luana Piovani recentemente a chamou (no Twitter) de tronquinho, dizendo que, para ser gostosa, tinha que ter peitos – e anônimos, a atriz parece não se importar com o disse me disse.

Aos 33 anos, 18 deles de carreira, a loira, que é mãe de Davi (fruto de sua relação com Marcos Frota), 12 anos, e José (filho de Tiago Worcman, seu atual marido) , 4, diz que está em sua melhor fase da vida. O segredo? Felicidade. Quanto ao fato de interpretar uma periguete, Carol afirma que é divertido, mas garante que esse seu lado é exclusivo para a ficção.

Periguete só na TV
“Casei aos 19 anos e, antes do Marquinhos (Frota), namorei quatro anos com o (ator) Victor Hugo. Não tive a fase de periguete. Não vim nessa vida para isso (risos).”

Opção de vida
“A vantagem está onde a gente está feliz. Tem gente que gosta de variedades e os que gostam de foco. Eu gosto de foco. Sempre fui mais sonhadora, mais romântica… Deixo a vadiagem toda para a Teodora.”

Bem resolvida
“Eu estou muito feliz comigo. Falo para todo mundo que ainda não tem 30 anos que, quando eles chegam, acompanham um monte de coisa boa junto. Ainda não vi nada ficar pior. Me vejo no espelho e estou superfeliz. Não que eu me ache uma deusa, não é nada disso, mas estou bem. Quando eu tinha 20 anos, não me achava bonita. No entanto, hoje, eu me acho pegável (risos).”

Corpo sarado
“Resolvi praticar muay thai (luta tailandesa) para entrar no clima da personagem. Nas pesquisas que fiz, notei que a maioria das meninas que namora lutadores faz luta. E o babado dá resultado! Minha perna… E a bunda?! Eu nem tirei as medidas, porque não quero me deprimir (risos). Minha barriga está igual a de homem!”

Carolina Dieckmann: "Eu me acho pegável"

Casada desde 2007 com Tiago Worcman, Carolina se arrependeu da escolha do vestido de noiva: “Eu estava uma baranga no meu casamento”
Foto: Divulgação

É chato ser gostosa
“Não estou confortável, porque não gosto de ser gostosa. Sou igual a Adriane Galisteu: chamou de gostosa, eu acho que estou gorda. Estou desconfortável no sentido de saber que vou ficar um ano com um corpo que não é o meu.”

Marido ciumento
“Tiago não gosta de ver a mulher dele fazendo uma periguete, né? A metade dele torce pela minha carreira, quer que eu faça coisa diferente. A outra está desesperada!”

Renovação de votos
“Quero casar novamente, porque eu estava uma baranga no meu casamento. Vou fazer, mas não posso falar antes de combinar com o Tiago! Mas a festa vai acontecer só porque quero casar gata.”

Carolina Dieckmann: "Eu me acho pegável"

Carolina teve que intensificar a malhação e mudar o corpo para encarar Teodora, que, em breve, seduzirá o ex-marido, Quinzé (Malvino Salvador)
Foto: Divulgação – Rede Globo

Filhos e profissão
“Quando Davi nasceu, eu já era atriz. Na época da Leona (Cobras & Lagartos, em 2006), ele dizia: ‘Mamãe, você é muito má’. Agora, que ele está um rapazinho, vai ser mais fácil. Já vai dar para ele entender. O chato vai ser se algum amiguinho começar a fazer comentários maldosos.”

Parceria maternal
“Davi é meu amigão! O mais legal de ter tido filho com 20 anos é que eu tenho 33 e ele tem 12. Ele só me acha muito adolescente (risos). Davi adora dizer que sou a mãe mais nova entre os amigos dele.”

Cegonha vetada
“Tenho zero vontade de engravidar de novo. Fechei a fábrica. Já cheguei à conclusão de que gravidez não me faz bem.”

Antipática, eu?!
“Se depender da Teodora para eu acabar com a fama de antipática, estou ferrada (risos)! Ela é periguete, antipática e metida.”

Sem preconceito
“Não tenho críticas sobre as marias-tatame. Cada um faz o que quer. A gente vai ficando mais maduro e percebe que a vida passa mesmo! Se as pessoas não fizerem escolhas que realmente as façam realizadas, é complicado. Quem sou eu para criticar? De repente, elas têm tesão nisso.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s