Cássia Kiss rouba a cena na novela “Paraíso”

A atriz está nas telinhas como a beata Mariana na nova trama das 6

“Acho que todos os personagens, sem 
exceção, são uma grande possibilidade 
para o ator”, acredita Cássia Kiss
Foto: Rafael França

No momento, Cássia Kiss se divide entre a turnê da peça Zoológico de Vidro e como a beata Mariana de “Paraíso”. Em ambas, tem papel de destaque. Mas isso é o que menos importa para Cássia. Aos 51 anos, ela garante que queria mesmo era fazer papel da “empregada da empregada”. É que, para a veterana, o ator faz o tamanho de seu personagem. “Participei de várias novelas em que eu tive destaque. Desculpe minha falta de modéstia, mas é verdade”, garante. E quem discorda?

Como foi a composição da Mariana?
Simples. Tenho 30 anos de carreira, não há elaborações…

Não fez laboratório nem workshop?
Já fiz muito, né?! Agora, já sei como é. Não precisa saber mais. Meus personagens vivem em cadência; é um ligado no outro. Este é uma extensão do último que eu fiz, o próximo será a extensão dele, além de ser uma extensão do que sou. Os papéis que interpreto me constroem como mulher e eu os construo.

Qual a sua expectativa com esse trabalho?
Uma novela é uma obra aberta, então, a gente vai construindo. E o que quero é fazer bem. Estou com uma p… personagem na mão. Mariana é bárbara! É uma beata, uma fanática. Se eu souber fazer, será ótimo, vou fazer sucesso, o público vai gostar, a casa ficará feliz…

Mariana é uma beata. E você, qual a sua relação com a religião?
Sou uma mulher que acredita no divino. Acredito em deus, naquele que nós somos. Sou deus, você é deus… Nesse deus, eu acredito. Mas gosto da vida religiosa. Admiro quem tem uma, não austera, mas condicionada, como as clarissas, os beneditinos. Acho bonita essa entrega.

Mariana, que fez muito sucesso com a Eloísa Mafalda (na primeira versão, em 1982), talvez seja a personagem que tenha mais possibilidade na trama…
Eu não acredito nisso. É o ator que constrói seu personagem. Já fiz várias novelas e tive destaque. Desculpe a minha falta de modéstia, mas é verdade. Eu fiz a Ilka Tibiriçá (em Fera Ferida, de 1993) e ganhei a novela. Ninguém vai dizer que eu não ganhei, porque ganhei.

Mas um bom papel ajuda, não?
É, estou com um p… papel na mão, se eu souber fazer… Mas acho que todos os personagens, sem exceção, são uma grande possibilidade para o ator. Para mim, não tem tempo ruim. Não existe papel menor, nunca existiu. Tanto que eu vivo pedindo, dizendo que queria fazer a empregada da empregada, entendeu? Adoraria que me dessem uma coisa bem pequena para que eu pudesse desenvolver. É uma delícia fazer isso.

Falando em bons personagens… Você vai continuar viajando com a peça Zoológico de Vidro, mesmo gravando a novela no Rio de Janeiro?
Vou viajar pelo Brasil todo final de semana. Ainda tem um filme para fazer agora, neste semestre, o Clarice Lispector. As crianças (os filhos Joaquim, 13anos, Maria Cândida, 12, Pedro Gabriel, 7, e Pedro Miguel, 4) é que estão ficando um pouquinho de lado, mas dará tudo certo.

Vai trazer a peça para o Rio?
(pausa) Não sei, não sei mesmo. Não tenho muita vontade de trazer a peça para o Rio.

Por quê?
Não sei se o povo de São Paulo gosta mais de teatro do que o carioca, mas… O paulista vai ao teatro, sai de casa para ver uma peça, é bem mais educado. O carioca, não. Para ele, só interessa a comédia, de preferência falando bastante bobagem e a gente está fazendo um Tennessee Williams (dramaturgo americano, autor de sucessos como Um Bonde Chamado Desejo e Gata em Teto de Zinco Quente), um clássico. Houve gente que disse que foi a maior montagem dos últimos dez anos em São Paulo, as críticas foram maravilhosas… Confesso que tenho um pouco de receio do Rio de Janeiro, de o público não entender, não estar preparado para uma peça como essa. Pode ser que eu esteja enganada, não sei, vamos ver…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s