Chandelly Braz: ‘Ficar nua é natural para mim quando isso se justifica na cena!’

Naturalmente sensual, com jeitinho despretensioso de interpretar e um gostoso sotaque pernambucano, Chandelly Braz já está dando muito o que falar em G3R4ÇÃO BR4S1L.

Siga o mdemulher no Instagram

Chandelly está feliz em fazer parte de Geração Brasil
Foto: Td Globo/Divulgação

Esta é a terceira novela de Chandelly Braz que nasceu em São Domingos da Prata (MG), mas foi criada no Recife. Ela viveu a periguete Brunessa de Cheias de Charme (2012) e a fogosa Marcina de Saramandaia (2013). E foi tão bem que os autores da trama global das 7, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, criaram um papel para ela. Sua Manuela é fera em tecnologia e sonha mudar o mundo por intermédio da informática. Tema do qual, aliás, não manja nada!
 
Nesta entrevista, a estrela fala do namoro de dois anos com o ator Humberto Carrão, seu par na novela, das expectativas em relação à trama, das polêmicas cenas de nudez que já fez na TV e muito mais… Acompanhe!
 
Como está sendo viver o par de seu namorado na vida real?
Humberto e eu começamos a namorar em Cheias de Charme, não é uma novidade trabalharmos juntos. E ter intimidade até ajuda. A gente sempre fica mais à vontade. Agora, independentemente de ser meu namorado, ele também é um ator que admiro muito. Então está sendo incrível!
 
Chandelly Braz: 'Ficar nua é natural para mim quando isso se justifica na cena!'

Chandelly Braz e Humberto Carrão: o namoro já dura dois anos
Foto: AgNews


O que achou de ter um papel criado especialmente para você?
Estou feliz com isso. São frutos que estou colhendo das sementinhas que vim plantando. Que bom que essa personagem apareceu para mim. É uma responsabilidade, uma onda forte que estou segurando! Sem falar que é muito trabalho também.
 

A rotina das gravações tem sido muito puxada?
Chego cedo ao estúdio e saio só quando fecha. Mas faz parte. A Manuela é um tipo interessante, gostoso de fazer.
 
Qual foi sua reação quando os autores a convidaram?
Nossa, fiquei no céu! Filipe Miguez e Izabel de Oliveira são duas pessoas lindas, que admiro. Me sinto privilegiada pelo fato de dois autores talentosos e competentes pensarem numa personagem pernambucana por minha causa. Tenho que responder à altura.
 
O que mais lhe agrada na Manuela?
Me sinto alegre por fazer uma pernambucana guerreira como Manu. Mocinha tradicional, ela vai sofrer por amor, isso faz parte da teledramaturgia. Mas ela é uma hacker, com objetivo profissional forte! Manu tem um arquétipo masculino marcante, mas, ao mesmo tempo, um lado maternal, cuida do irmão e do pai, e é feminina.
 
Você é ligada em tecnologia?
Não, tive que estudar e me aprofundar nesse universo. Eu era completamente alheia. Mal entrava nas redes sociais.
 
Chandelly Braz: 'Ficar nua é natural para mim quando isso se justifica na cena!'

NO papel da hacker Manuela em Geração Brasil, ao lado de Johnny Hooker, Julia Konrad e Samuel Vieira
Foto: TV Globo/Divulgação


Tornou-se mais segura como atriz após Saramandaia?
Quando fiz Cheias de Charme, minha primeira novela, estava completamente insegura. Saramandaia foi importante, sim, e agora é prosseguir.
 

Em Saramandaia, sua nudez despertou muita atenção. Como vê a reação do público a esse tipo de cena?
Acho que a nudez faz parte da vida e da arte. Nudez existe em todos os lugares, no cinema, no teatro, mas quando existe na TV gera polêmica mesmo. Penso que quando a nudez é justificada, como no caso de Saramandaia, não tem problema algum. Ficar nua é natural para mim quando isso se justifica na cena, na trama.
 
Chandelly Braz: 'Ficar nua é natural para mim quando isso se justifica na cena!'

Foi a Marcina. que pegava fogo de desejo em Saramandaia (2013): par romântico de Sérgio Guidé
Foto: TV Globo/Divulgação

 
Você está mais magra. Fez dieta em função da novela?
Não, é que estou trabalhando muito, sem tempo para comer e fazer atividade física. Quando isso acontece, vou perdendo massa muscular. Estou mais magra do que gostaria, na verdade. Meu peso normal é 53 kg. Devo estar com 51 kg.

 
Como é sua alimentação?
Deveria comer de três em três horas, porque sou certinha com essa coisa de alimentação. Mas, muitas vezes, não consigo manter a disciplina. Prefiro os alimentos saudáveis. Mas também me permito comer algumas besteiras (risos)!