Cláudia Abreu retorna com tudo à TV em “Cheias de Charme”

Estrela de "Cheias de Charme" na pele da cantora Chayene, Cláudia Abreu fala de sua volta às novelas depois de três anos

Cláudia Abreu encarna a cantora Chayene na novela “Cheias de Charme”
Foto: TV Globo/Divulgação

Depois de três anos longe da TV, Cláudia Abreu retorna com tudo e um pouco mais. A partir do dia 16, ela surge toda esfuziante na trama global das 7, “Cheias de Charme”, na pele de Chayene, cantando, dançando e atropelando quem pintar no seu caminho. Sim, ela será uma vilã perigosa, mas divertida.

Como está sendo viver a Chayene, uma musa do eletroforró sempre metida em confusões?
A maior característica dela é acreditar no sucesso e levar a sério tudo isso. Está sendo ótimo poder cantar e dançar, além de atuar. Isso me faz sentir mais completa.

Está tendo dublê de voz?
Não sou uma Marisa Monte, mas me viro! (Risos.) Estão usando a minha voz mesmo, está ficando legal.

E como foi o preparo para um papel tão diferente?
Eu estava parada há três anos, então tive preparação caprichada, inclusive vocal. E na dança, eu e as meninas (Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle Drummond) fazemos as coreografias com o Fly (coreógrafo da Globo). É uma energia boa, tudo muito divertido!

Você será uma vilã. Acha que o público vai ter muita raiva?
Essa é uma vilã diferente, pois não vive de fazer maldades. Egocêntrica, Chayene tem uma vaidade imensa, então, quem fica atrapalhando o caminho, ela passa por cima. É grosseira, não teve uma educação refinada, cria problemas com a empregada. É por aí…

Mas ela também tem uma pegada de humor, não?
Ah, é com um toque de humor, sim! Até no jeito de querer tudo pra si, de humilhar as pessoas. Então a personagem não fica tão pesada, afinal, é uma novela das 7. Mas fazer vilã é sempre difícil.

Cláudia Abreu retorna com tudo à TV em "Cheias de Charme"

Cláudia Abreu com o figurino de Chayene
Foto: TV Globo/Divulgação

Em qual momento você, Cláudia, é brega?
Em muitos momentos. Se ser romântica é ser brega, então sou brega e adoro! Toca aquela música no rádio, você para e fica olhando para o nada, encosta a cabecinha no banco e já se sente brega imediatamente! (Risos.) Ser brega é deixar a crítica de lado e curtir cada sensação.

Como é a rotina de atriz e mãe?
É complicado, mas eu tenho que trabalhar! Não deixo de dar atenção a eles. Atualmente, não sei o que é dormir! Falo que sou mulher de elástico, que estica e faz tudo ao mesmo tempo! (Risos.) Uma filha está se alfabetizando, a outra, estudando, e assim por diante… E ainda tem o marido e a Chayene pra cuidar! Mas tenho duas babás. Sempre tive uma só, mas com o número de filhos aumentando para quatro, não deu. E são dois bebês, e a de cinco anos também precisa de um pouco mais de acompanhamento, é muito novinha. Então peço ajuda!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s