Como David Bowie influenciou o comportamento de várias gerações

 

Comportamento

Conhecido também como “Camaleão do Rock”, David Bowie nasceu David Robert Jones, em 8 de janeiro de 1947 (no mesmo dia em que Elvis Presley!), e adotou o sobrenome artístico para evitar ser confundido com Davy Jones, do grupo The Monkees.

Entre a década de 1960 e 1970, David fez parte de movimentos como a Libertação Gay e a Recriação de Uma Nova Juventude Independente. 

Em 1967, Bowie estudou budismo e mímica antes de lançar seu primeiro álbum, The World of David Bowie.

Em 1970, David ousou e apareceu de vestido na capa do álbum The Man Who Sold The World.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Em 1972, Bowie estava no auge do sucesso e, quebrando todos os padrões da época, criou uma extravagante e andrógina persona, o Ziggy Stardust. Ele representava um ET roqueiro que virava estrela do rock na Terra e, sem saber se o personagem era homem ou mulher, o astro aparecia com o cabelo tingido de vermelho e o rosto maquiado.

Pinterest Pinterest

Pinterest (/)

Em um show no Oxford Town Hall, em junho de 1972, Ziggy Stardust se ajoelhou diante de Mick Ronson, segurou o traseiro do guitarrista com as mãos e puxou Ronson e sua guitarra em direção a sua boca, fazendo uma simulação polêmica de sexo oral. 

Em janeiro de 1972, quando começou a divulgar a turnê de Ziggy Stardust, Bowie se declarou bissexual em entrevista à Melody Maker. Apesar de, na época, a afirmação ter gerado dúvida (porque ninguém sabia se ela dizia respeito a Bowie ou a Ziggy), o cantor confirmou a informação em 1976, quando foi entrevistado pela revista Playboy. No entanto, em 1983, para a Rolling Stones, ele voltou atrás e alegou que a declaração sobre sua bissexualidade foi o maior erro que já havia cometido, pois não queria representar este ou aquele grupo, mas apenas seguir os caminhos que sempre quis.

O álbum Diamond Dogs, de 1974, foi censurado nos Estados Unidos. Tudo isso porque, na capa, Bowie aparece metade homem e metade cachorro e mostra a genitália do animal.  

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Em 1976, criou uma nova persona: The Thin White Duke (“O Duque Magro e Branco”, em português). Conhecido por usar roupas de cabaré e por ter uma personalidade perturbadora, há quem diga que o personagem e Bowie se misturaram, já que, nesta época, o artista fazia intenso uso de drogas.

Evening Standard/Getty Images Evening Standard/Getty Images

Evening Standard/Getty Images (/)

Além de Ziggy Stardust e The Thin White Duke, Bowie também criou outros alter egos, como Aladdin Sane, Tao Jones, Halloween Jack e John Merrick.

Nos anos 80, quando lançou a canção Ashes to Ashes e o seu clipe, Bowie deu início a um novo movimento musical da época, o New Romantic. Ele influenciou artistas como Blitz Kids, Keanan Duffty, e Steve Strange.

Em 1985, o meio-irmão de Bowie, Terry, que era esquizofrênico e nove anos mais velho que o astro, cometeu suicídio em 1985. Esta foi a inspiração para uma série de músicas de Bowie, incluindo Aladdin Sane, All the Madmen, The Bewlay Brothers e Jump They Say.

Em 1992, mais uma vez, Bowie teve mais um álbum censurado nos Estados Unidos. A capa do disco Tin Machine II trazia quatro estátuas gregas nuas.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Em 1997, quando a Internet ainda estava se consolidando e pouquíssimas pessoas tinham computador em casa, Telling Lies revolucionava ao ser lançada como single especialmente para a web.

 

 

Em 2009, uma nova espécie de aranhas ganhou o nome científico de Heteropoda davidbowie, em homenagem ao astro. Isso porque  o especialista responsável pela descoberta, Peter Jaeger, é fã de David e achou que o visual do animal lembrava o de Bowie, quando ele usava maquiagem e roupas coloridas.

Reprodução/Flickr Reprodução/Flickr

Reprodução/Flickr (/)

 

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆