Conheça os bastidores de Sete Vidas, próxima novela global das 18h

Cerca de 500 pessoas, entre atores e equipe técnica, se reuniram no centro do Rio para cenas com efeitos especiais da novela

Efeitos especiais, dedicação e talento. Estes foram alguns dos ingredientes para as gravações da manifestação de Sete Vidas, próxima novela das 18h da Globo, com estreia marcada para 9 de março.

João Miguel Júnior/TV Globo João Miguel Júnior/TV Globo

João Miguel Júnior/TV Globo (/)

A sequência, gravada durante as madrugadas de dois fins de semana seguidos, no centro do Rio de Janeiro, mostra o primeiro encontro de Pedro (Jayme Matarazzo, 29) e Júlia (Isabelle Drummond, 20). “Foram dois fins de semana de muito trabalho. A gente começava a gravar às 22h30 e encerrava às 5h. Foram cerca de 500 pessoas entre elenco, figuração e equipe técnica”, lembra o diretor-geral, Jayme Monjardim, 58. “As cenas foram difíceis e complexas. Tudo foi cuidadosamente pensado por meio de storyboards e reuniões. Depois que finaliza, a sensação é de alívio”, conclui Jayme.

João Miguel Júnior/TV Globo João Miguel Júnior/TV Globo

João Miguel Júnior/TV Globo (/)

E o resultado agradou muito à autora, Lícia Manzo, 50. “É difícil transmitir o que é isso para o autor. É como sonhar e ver aquilo ao vivo e em cores!”, diz Lícia, emocionada. Para Isabelle, a atmosfera foi fundamental. “A produção da novela conseguiu reproduzir alguns momentos muito fielmente, como as cenas com fogo. Esse ambiente me ajudou a acreditar na situação e a me entregar”, conta a atriz.

João Miguel Júnior/TV Globo João Miguel Júnior/TV Globo

João Miguel Júnior/TV Globo (/)

*Com reportagem de Tatiana Ferreira