Dakota Johnson: “Vai ser educativo para os homens”

A protagonista de 'Cinquenta Tons de Cinza' fala à Contigo! sobre os desafios de dar vida a Anastasia Steele

Enfim, chegou a hora de ver o tão esperado Cinquenta Tons de Cinza. O best-seller que ganhou filme não saiu das rodas de conversa desde que virou febre em todo o mundo, e tem tudo para continuar em alta. Pelo menos é o que garante, em um papo com a Contigo!, a protagonista Dakota Johnson, que dá vida a Anastasia Steele. “Vai surpreender muita gente. Mulheres vão amar, homens vão amar. Não sei. Vai ter aquela gente negativa que no fim vai mudar de opinião”, declarou a atriz.

Na pele da universitária sem experiência sexual que se envolve com o bilionário Christian Grey, fã de práticas BDSM – sigla para bondage, disciplina, dominação, submissão, sadismo e masoquismo -, ela gravou cenas quentíssimas que deverão arrepiar os espectadores. “Foi estranho e embaraçoso. Não foi fácil”, assumiu. “Mas foi num set fechado, sem muitas pessoas. Então tentamos nos despir de toda a ansiedade para realmente caprichar na arte das cenas”, explicou.

Jamie Dornan, responsável pelo papel de Grey, preferiu estabelecer limites contratuais para conservar sua intimidade. Dakota também teve suas ressalvas: “Não fiz nu frontal. Há partes pequenas de nu frontal, mas aquelas partes não são as minhas partes.” Em cenas mais fortes, como a em que a personagem leva cintadas, também foi usada uma dublê.

Para além dos momentos picantes, o filme, que chega aos cinemas mais leve do que o livro – e com duas sequências confirmadas -, também quer manter o interesse com o romance entre o casal.  “Se são só cenas de sexo, quem lê fica entediado. Com Cinquenta Tons de Cinza, você continua porque fica fascinado com a história entre essas duas pessoas”, avaliou a atriz.

Com um roteiro escrito e dirigido por mulheres e baseado em um romance também escrito por uma mulher, a produção corre o risco de ser taxada como um filme para garotas. Na dúvida, Dakota dá um ótimo motivo para os marmanjos de plantão correrem para as telonas: “Vai ser educativo para homens!”

*Com reportagem de Mariane Morisawa, de Los Angeles

Universal Pictures Universal Pictures

Universal Pictures (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s