Débora Nascimento diz tudo no Altas Horas: “Não é um homem que nos define”

A atriz falou sobre o término do seu casamento e a mensagem que deseja passar para seus seguidores.

Débora Nascimento era uma das convidadas do programa Altas Horas do último sábado (25). A atriz deu uma aula ao falar sobre o momento que passa depois do término do seu casamento com José Loreto e todas as polêmicas envolvidas. A força das mulheres é incríveis, né?

 

 

Vivendo Gisela na novela das 7, Verão 90, ela aproveitou para fazer uma reflexão da sua vida pessoal usando a sua personagem. “Gisela é uma montanha-russa! E a vida é isso. Estou ótima, feliz. Porque a gente não pode deixar que nada nos defina. Não é um homem que nos define, não é um relacionamento que nos define, não é a nossa profissão que nos define”.

“Me preservei e cuidei das minhas feridas e das minhas questões. Eu no meu ninho. Depois que as vísceras foram expostas a gente recolhe tudo e organiza a casa. Mas aí depois sair, ver os amigos e receber todo esse carinho foi incrível”, respondeu Serginho Groisman sobre deixar de sair depois do fim do relacionamento.  

View this post on Instagram

🦚 #MecaInhotim . . 📸 @andrenicolau

A post shared by Débora Nascimento (@debranascimento) on

Apesar da grande exposição nas redes sociais, ela explicou o porquê decidiu continuar na internet e a mensagem que deseja passar para seus seguidores. “Vou mostrar parte da minha arte, parte da minha essência, um pouco de poesia, um pouco de reflexão, um pouco de sabedoria com doçura, com leveza”. 

Débora ainda falou sobre um tema muito importante: os crimes de ódio contra as mulheres. “Lutamos pelos nossos direitos para baixar os níveis de feminicídio, que são alarmantes e tristes. Não é que está aumentando agora, mas está sendo muito mais visto e comentado porque agora não nos calaremos mais”, declarou Débora, que foi muito aplaudida pela platéia.

A pequena Bela também foi assunto no programa. A mamãe contou que ainda amamenta a filha, que já tem três dentinhos e falou sobre o sentimento da maternidade. “Digo que entrei em contato com lugares que não conhecia, que nunca tinha acessado em mim. Não é que ela me transformou, mas o que eu passei por causa dela, por gerá-la, por tê-la na minha vida, me transformou. Entrar em contato com sombras, com desejos, com medos, que antes não existiam. Ela realmente me transforma a cada dia, a cada semana.”

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!