Dupla Identidade: entre na mente de um psicopata assassino

Bruno Gagliasso e Débora Falabella protagonizarão a série global cheia de crimes e suspense que estreará no dia 19

Bruno Gagliasso na pele do sedutor Edu, serial killer de Dupla Identidade
Foto: TV Globo/Divulgação

É de tirar o fôlego… Já na primeira cena da série global Dupla Identidade, que entrará no ar na sexta, 19, o advogado Edu, interpretado por Bruno Gagliasso, aparece matando sua primeira vítima. Ele é um psicopata e serial killer daqueles de tocar o terror. As tomadas seguintes do capítulo de estreia também são eletrizantes, como a reportagem de TITITI conferiu no dia 4, na apresentação da atração à imprensa, no Rio.
 
Com 13 episódios cheios de suspense, a produção assinada por Glória Perez será exibida sempre às sextas, às 23h20, no mesmo esquema das séries O Canto da Sereia (2013) e O Caçador (2014).
 
Bruno chegou à coletiva ao lado da mulher, Giovanna Ewbank, e reverenciou Glória com carinho. A autora retribuiu: “Bruno é um ator maravilhoso. Quando contei que estava pensando o personagem, ele ficou louco!”, contou a escritora. O artista insistiu para fazer o teste e arrebentou! “Eu sabia que o Edu era meu!”, falou Bruno, que chegou a ensaiar mais de dez horas diariamente até encontrar o tom certo para interpretar o papel.

Dupla Identidade: entre na mente de um psicopata assassino

Giovanna Ewbank acompanhou o marido na coletiva de imprensa de Dupla Identidade
Foto: Pedro Curi/TV Globo

Na história, Edu se envolve com Ray (Débora Falabella), portadora da síndrome de borderline. Ela vive em função dele, por quem acredita estar perdidamente apaixonada. “Quando vi as cenas, me dei conta de como a relação dos dois é intensa e de como a Ray se apegou a ele sem saber direito quem é”, comentou Débora, bem animada.

Segundo Glória, ao contrário do psicopata, que é incapaz de sentir emoções, culpa ou remorso, o borderline tem uma personalidade fluida e se torna presa fácil de um manipulador como Edu.
Dupla Identidade: entre na mente de um psicopata assassino

Débora Falabella será Ray, uma garota que sofre de transtorno borderline e é apaixonada por Edu, o serial killer vivido por Gagliasso
Foto: Inácio Moraes/TV Globo

Ao longo da série, o público vai mergulhar na mente criminosa do serial e vibrar com a investigação comandada pela psicóloga forense Vera (Luana Piovani) e pelo delegado Dias (Marcello Novaes), incansáveis na busca pelo assassino.

Dupla Identidade: entre na mente de um psicopata assassino

Dias e Vera farão de tudo para capturar o assassino
Foto: Fábio Rocha/TV Globo

Participaram do evento também o diretor de núcleo Mauro Mendonça Filho e as outras estrelas do elenco, como Aderbal Freire-Filho e Marisa Orth. E, se depender de Glória, fã de literatura e de séries policiais como Criminal Minds e Dexter, esse seu novo trabalho vai bombar. “Eu já havia criado tipos psicopatas, mas um serial killer é a primeira vez. Essas histórias fazem sucesso há muito tempo lá fora.”

Dupla Identidade: entre na mente de um psicopata assassino

Mauro Mendonça Filho, Glória Perez, Bruno Gagliasso e Débora Falabella
Foto: TV Globo/Divulgação

Ao final da exibição do primeiro capítulo, o elenco e a equipe foram bastante aplaudidos. “Adoro esse tema policial e é maravilhoso prestigiar mais um trabalho da Glória e do Maurinho”, derreteu-se Rosamaria Murtinho, mãe do diretor. 

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆