“Ela me conta tudo”, diz Johnny Depp sobre a sexualidade da filha Lily-Rose

Lilly-Rose Depp declarou ser sexualmente fluida há poucos meses.

Aos 16 anos, Lilly-Rose Depp resolveu assumir-se como sexualmente fluida ao participar do projeto Self Evident Truth, voltado à visibilidade de pessoas que não se identificam como heterossexuais. A revelação veio à tona em agosto, quando a ativista iO Tillett Wright postou uma foto com Lilly no Instagram, dando as boas-vindas a ela no projeto.

Em entrevista ao Daily Mail, Johnny Depp disse que a revelação não o surpreendeu. “Ela tem milhares de seguidores nas redes sociais e todos eles foram pegos de surpresa, mas eu não. Eu já sabia, pois ela me conta tudo. Ela não tem medo de se abrir comigo. Nós somos muito ligados e eu tenho muito orgulho da nossa relação. A Lily é muito centrada, ela é uma garota afiada e é um dos seres humanos mais espertos que eu já conheci”, declarou o ator a respeito da filha, fruto do casamento com a cantora francesa Vanessa Paradis.

Como a maioria dos pais, o astro revelou que é perturbador ver sua baby girl crescendo tão depressa, mas demonstrou que não vê problemas na fluidez sexual de Lily. “Seja lá o que ela estiver fazendo, se ela precisar de algum conselho, eu estarei lá. Os jovens fazem suas próprias escolhas, mas eu acredito que o que você pode fazer enquanto pai ou mãe é oferecer apoio. E é isso o que eu faço”. ❤

Mas afinal, o que é fluidez sexual?
O termo ainda não é muito utilizado por aqui, mas ele é experienciado por muita gente. Pessoas sexualmente fluidas são aquelas que podem sentir atração sexual por ambos os sexos e vivenciar períodos de heterossexualidade, homossexualidade, pansexualidade ou bissexualidade. Essas pessoas não necessariamente irão se interessar por todos os gêneros sexuais todo o tempo, mas parte-se do pressuposto de que elas podem sentir atração por homens e mulheres, cisgêneros ou não, ao longo da vida.

Vale lembrar que o espectro da orientação sexual é hoje reconhecido como um campo muito subjetivo, por isso novas nomenclaturas surgem de tempos em tempos. O conceito de fluidez sexual diz respeito à vivência da sexualidade experimentada por uma pessoa que não se identifica com nomenclaturas como “heterossexual” ou “bissexual”, o que não impede que essa mesma pessoa venha a identificar-se de outro modo no futuro.