‘Ele estava determinado a me matar’, diz Ana Hickmann em entrevista

Apresentadora dá primeira entrevista sobre o ataque que sofreu em Belo Horizonte

Siga o mdemulher no Instagram

Ana Hickmann falou pela primeira vez do ataque que sofreu em um hotel de Belo Horizonte no programa Domingo Espetacular, da TV Record. Muito abalada, a apresentadora contou para o repórter Vinícius Dônola sobre os minutos de terror que passou no quarto do hotel, sob a mira de um fã descontrolado. 

Ana disse que tinha certeza de que ia morrer, e que o atirador, chamado Rodrigo Augusto, chegou a puxar o gatilho contra ela. “Ele dizia coisas pornográficas para me humilhar. Dizia que eu tinha acabado com a vida dele. Ele veio determinado a me matal naquela hora”, relata. 

Ana conta que Rodrigo rendeu o cunhado dela, Gustavo, e foi com ele até o quarto da apresentadora, que estava com Giovana, assessora dela e esposa de Gustavo. Chegando lá, Rodrigo apontou a arma para Ana. “Ele dizia: ‘Eu vim acertar com você, vagabunda’. O tempo todo falando que eu não prestava, que era mentirosa, que não correspondia ao amor dele. Muito distorcido. Foi a primeira vez na vida que senti medo e que iria morrer. Ele não piscava. Ele falava com muito ódio”.

O fã então mandou que Gustavo, Giovana e Ana sentassem na cama, e depois, que eles se virassem de frente para a parede. Quando Gustavo se recusou a fazer isso, Rodrigo atirou contra Giovana, e Gustavo partiu para cima dele. Enquanto Ana e Giovana fugiam, Gustavo lutou com Rodrigo e o atirador foi morto.

A cunhada de Ana, Giovana Oliveira, que foi baleada, está bem, mas ainda deve passar por cirurgia. Ana diz que foi Giovana que a protegeu, jogando o corpo por cima dela na hora dos tiros.