Eliminada do MasterChef sai por descumprir a lei do “menos é mais”

Em desafio de reprodução de prato, participante tentou fazer "um extra" e acabou se perdendo totalmente.

Mais uma terça-feira chegou e com ela poucas horas de sono para a gente que ama um reality de cozinha. Dia de ‘MasterChef Brasil‘ é assim, são horas e horas na frente da televisão (ou do celular) acompanhando a melhor competição culinária da televisão brasileira. E os aspirantes a chefs profissionais tiveram um dia especialmente complicado, afinal rolou prova de comida orgânica colhida na hora. Aos que não deram sorte nessa disputa, não havia o que temer: a prova de eliminação foi nada menos que replicar um prato do chef Erick Jacquin. Simples, não?

Prova em Equipe

No desafio em equipes de hoje, os chefs amadores foram instruídos a preparar pratos de alta gastronomia para hóspedes de um hotel de luxo, nos arredores do Parque da Cantareira, em São Paulo. Eram nada menos que 50 convidados, todos já acostumados com pratos de requinte. As equipes fora divididas entre o time azul, sob a liderança do Padre Evandro, e o time vermelho, comandado por Rui, afinal os dois venceram a prova em dupla do programa anterior.

Para já dar uma semeada na discórdia, Ana Paula Padrão pediu para cada um indicar as pessoas do outro time, rendendo uma série de decisões equivocadas. Clarisse foi escolhida para o time de Evandro por supostamente não entender de comida orgânica, mas ela revelou ter sido criada praticamente na fazenda. Os pratos seguiam a estrutura de um menu normal de alta gastronomia, com uma entrada, prato principal e sobremesa, totalizando 150 pratos. Detalhe: boa parte dos ingredientes deveria ser colhida na horta do hotel (menos as carnes por motivos óbvios).

Ambas as equipes se complicaram bastante com os preparo, tempo de prova, limpeza e até os tão importantes temperos.Um outro fator de dificuldade foi a falta de comando dos capitães, as constantes mudanças de menu e as quantidades mal dimensionadas para a quantidade de convidados. Evandro perdeu totalmente o comando do time azul, que passou a ser controlado por Maria Antônia.

Após a entrega dos pratos (um inclusive com fio de cabelo), o time vencedor foi o vermelho, de Rui. E não foi apenas uma vitória, foi algo que levou o caneco com uma margem esmagadora: 41 votos contra 9 votos para a equipe azul. Sendo assim, Evandro, Clarisse, Vinicius, Maria Antônia, Hugo e Eliane foram para a prova e eliminação, onde eles deveriam replicar 3 pratos clássicos após a aula do Jacquin.

Prova de Eliminação

Rui, como o líder vencedor, teve a (ingrata) tarefa de escolher um integrante da sua equipe para também realizar a prova de eliminação. Sem muitas firulas, o líder optou por escolher o major Thiago. Também foi necessário que ele escolhesse um integrante da equipe inimiga para ser salvo da prova de eliminação, e ele escolheu o Hugo com base no desempenho da prova (mesmo a chef Paola Carosella quebrando os argumentos de Rui ao falar que a sobremesa do participante salvo estava pavorosa).

A prova de replicação envolvia a utilização de bebidas alcoólicas como conhaque, vinho do Porto e licor de laranja. O conhaque era para usar na preparação do filé Poivre , o vinho do porto na preparação de peixe ao molho de Porto e o licor em um crepe Suzette. Rui precisou selecionar os pratos para cada participante: Thiago e Vinicius com o crepe Suzette, Clarice e Maria Antônia com o filé a poivre enquanto Eliane e padre Evandro ficaram com o peixe ao molho do Porto.

Nessa prova tivemos uma interação meio inédita com o mezanino. Enquanto em todas as temporadas o pessoal salvo começa a ajudar os concorrentes da Prova de Eliminação, dessa vez eles tomaram uma senhora bronca de Maria Antônia por não querer mais ouvir pitaco sobre seu processo culinário. A atitude foi elogiada pelos chefs e incomodou a rainha dos conselhos (a Rita, quem mais?).

Eliane e Evandro foram os grandes destaques da noite, principalmente ela por ter feito um filé de peixe nível restaurante chiquérrimo. Na ala dos participantes com problemas, Thiago, Clarisse e Vinícius pecaram todos no mesmo ponto: não se contentaram em reproduzir o prato do Jacquin, quiseram fazer algo a mais.

Enquanto Clarisse apostou numa batata que não ficou boa, Thiago e Vinícius perderam bons minutos tentando emplacar um sorvete em vez de focarem no crepe. Após uma reunião entre os jurados, ficou decidido que o filé de Clarisse foi o maior erro da noite por ter exagerado no tempero.

Clarisse eliminada MasterChef Brasil

 (Foto: Carlos Reinis/Band/Divulgação)

A participante se despediu do programa e disse torcer para ter uma segunda chance para mostrar que é capaz de ser uma MasterChef. Será que ela já está ciente que logo mais vamos ter a clássica prova de repescagem da temporada?