Eliminado do MasterChef erra ao transformar peixe em “pedaço de madeira”

'MasterChef Brasil' da semana teve até Paola Carosella pronunciando um palavrão!

Terça-feira é aquele dia da semana no qual a população brasileira escolhe ter menos horas de sono para poder acompanhar todas as emoções do ‘MasterChef Brasil‘, o maior reality show culinário da televisão aberta. Mas se você precisou dormir, não tem problema também: estamos aqui (com algumas olheiras) prontos para contar tudo o que aconteceu nesse emocionante episódio. Prepare-se, porque a cozinha no ‘MasterChef Brasil’ pegou fogo!

Caixa Surpresa com convidados

Como acontece semana sim, semana não, os cozinheiros amadores foram reunidos no estúdio da Band para mais uma rodada de Caixa Misteriosa. Assim que ganharam a autorização para abrir a caixa, os participantes se depararam com muitos miúdos e carnes de segunda. Henrique Fogaça avisou que os ingredientes haviam sido escolhidos por dois chefs convidados, nada menos que Janaína e Jefferson Rueda, dois dos maiores expoentes da culinária na América Latina. Mas se engana quem pensa que o desafio seria APENAS cozinhar algum prato gostoso com esses ingredientes: os competidores ganharam dois novos coleguinhas. Sim, os próprios Jefferson e Janaína foram para as bancadas e prepararam um prato com a mesma uma hora de duração do desafio. É pressão que chama, não é mesmo?

Todos os amadores já estavam até acostumados a tirar pratos deliciosos da cartola, mas imagina fazer isso com dois chefs renomados com várias estrelas Michelin do lado, realizando as mesmas tarefas. A humilhação foi tanta que, em um dado momento, ambos abandonaram suas bancadas e foram bater um papo com Paola Carosella e Erick Jacquin durante a prova… é de muita habilidade que estamos falando. E surpreendendo um total de zero pessoas, os pratos dos dois foram os mais apreciados pelos jurados. Paola chegou até a falar que o prato apresentado por Janaína estava “f*da“, pronunciando um palavrão pela primeira vez em nossa televisão.

Mas eles não estavam na disputa (sorte dos competidores). Assim, os pratos favoritos da noite acabaram sendo os de Rui e Eliane, com vitória da cozinheira. Com apenas os dois sendo mandados para o mezanino, restou aos demais um dos desafios mais perigosos da temporada. A já-clássica Prova do Leilão.

Leilão de Peixes

A dinâmica funcionou de um jeito bem simples. Equipada com uma lousa e uma marretinha de madeira, Ana Paula Padrão se tornou encarregada do leilão de proteínas. Cada um dos jurados apresentou um peixe, e os competidores tentaram comprá-los usando tempo no lugar de dinehrio. Ou seja, quanto mais tempo a pessoa usasse para comprar, menos tempo teria para preparar o alimento. O pior ficou para o último colocado, que levou o peixe de qualquer jeito, mas teve apenas meia hora para o preparo.

As disputas pelos peixes foram intensas, minuto a minuto. O desespero por não saber se viria algo bom posteriormente fez muita gente apostar o que não tinha para garantir algo mais ou menos conhecido. A única que não se arriscou muito foi Katleen, que já havia ido mal na primeira prova e acabou caindo com o porquinho (o peixe, não o suíno).

Com pouco tempo e uma vaga no Top 10 em jogo, a cozinha do ‘MasterChef Brasil’ virou uma verdadeira zona de tensão. Todos os cozinheiros amadores cometeram erros muito graves por puro desespero. Aristeu conseguiu queimar tudo o que havia feito, Rita fatiou o atum de uma forma que desagradou Paola e Vinícius apostou na estratégia de servir o peixe INTEIRO no prato. Katleen estava especialmente ferrada, pois não sabia o que fazer com seu porquinho e por pouco não temperou seu peixe com suas lágrimas.

Mas a hora da avaliação dos pratos chegou e surpreendeu todo o público de casa, pois foi quase aquela frase de que os humilhados serão exaltados. Rita, que havia cortado de forma grosseira o atum, foi parabenizada pelos chefs (até mesmo Paola, após declarar não ser muito fã de atum cozido) e Vinícius foi elogiado pela ousadia. Ao final, ele foi escolhido como o melhor prato da Prova de Eliminação e conseguiu subir ao mezanino. Katleen, que parecia estar com a corda no pescoço, também conseguiu se safar por ter feito um prato gostoso.

Menos sorte tiveram Victor Hugo e Aristeu. O primeiro assou demais uma sardinha, e cometeu o pecado mortal de não tirar os espinhos. Jacquin até explicou que um ou outro espinho é aceitável, mas aquela quantidade estava bem exagerada. Do outro lado, a costela de tambaqui de Aristeu estava dura e chegou a ser comparada a um pedaço de madeira por Jacquin. Para atrapalhar, o molho preparado pelo competidor estava totalmente equivocado. Sem muitas surpresas, o eliminado da noite acabou sendo Aristeu.

Aristeu eliminado do 'MasterChef Brasil"

 (Foto: Carlos Reinis/Band/Reprodução)

Restando apenas dez cozinheiros amadores na competição, o ‘MasterChef Brasil’ vai afunilando e prepara mais uma prova de alta gastronomia na próxima semana. Quem será que sai na próxima vez?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s