Estrela de ‘Caça-Fantasmas’ sofre ataques racistas no Twitter

Na madrugada dessa terça (19), a atriz Leslie Jones decidiu sair da rede social.

O ano é 2016 e a gente ainda se depara com casos como esse! Cansada dos ataques racistas que vem sofrendo desde que se tornou uma das estrelas do novo “Caça-Fantasmas”, a atriz americana Leslie Jones resolveu quebrar o silêncio. Ontem (18) ela usou sua conta no Twitter para expôr alguns agressores. 

 

– @Lesdoggg seu Ghostbusters não é o primeiro a ter um primata 

– Eu sei que você só queria proteger a criança, @Lesdoggg

– Ela é a líder do grupo

esse é você, não o Harambe. Não o ofenda.

O Twitter foi pressionado a se posicionar e, a princípio, a empresa adotou uma posição imparcial. O The Guardian publicou que entrou em contato com a rede social e não obteve nenhuma resposta. O Buzzfeed News disse que o Twitter se pronunciou, alegando que não faz comentários sobre contas específicas e que a empresa simplesmente enviou a à equipe de reportagem o link das regras de uso da rede social. Tais regras prevêem que discursos de ódio racial não são tolerados e, mesmo assim, o Twitter não tomou providências a respeito dos ataques a Leslie Jones. 

Diversas pessoas se pronunciaram em apoio à atriz, incluindo o diretor de “Caça-Fantasmas”, Paul Feig, e a roteirista da série Grace and Frankie, Julieanne Smolinski.

– Leslie Jones é uma das melhores pessoas que eu conheço. Qualquer ataque pessoal contra ela é um ataque contra todos nós.  #LoveForLeslieJ@Lesdoggg

Quem sabe fazer do discurso de ódio uma violação definitiva dos termos de serviço, @twitter? Apenas um pensamento humano razoável… 

Os ataques a ela não pararam e alguns usuários do Twitter começaram a partilhar o suposto print de um post em que a atriz chama um de seus agressores de faggot (viado, em bom português) e diz algo como “deveríamos matar esses viados com gás”. Leslie negou que tenha feito tal declaração e chegou a pedir ajuda para que o autor do falso print seja identificado. Ela ainda declarou “Não fui eu que fiz isso!! OK, Twitter, pra mim chega!! Se vocês podem deixar esse tipo de merda acontecer, eu não quero estar aqui. Não fui eu que postei isso”. 

Nesse meio tempo, segundo o Buzzfeed News, o Twitter voltou a entrar em contato com a equipe de reportagem e mandou a seguinte nota: “Esse tipo de comportamento abusivo não é permitido no Twitter e nós estamos agindo em relação a várias contas denunciadas pela Leslie e por outras pessoas. Nós contamos com as pessoas para que nos informem sobre esse tipo de comportamento, mas nós estamos continuamente investindo pesado para que nossas ferramentas e sistemas operacionais possam previnir esse tipo de abuso. A gente se deu conta de que ainda temos muito trabalho pela frente até que o Twitter esteja alinhado em relação à forma como nós tratamos desses problemas”. 

Mesmo assim, depois de contínuos desabafos sobre o caso, a atriz Leslie Jones informou na madrugada de hoje (19) que resolveu sair do Twitter. “Eu deixo o Twitter essa noite com lágrimas nos olhos e com o coração triste. Tudo isso porque eu fiz um filme. Vocês podem odiar o filme, mas a merda pela qual eu passei hoje… é errada”, disse ela em seu post final.