Ex-BBB Laércio é preso por estupro de vulnerável no Paraná

Após meses de investigação, ação do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crime (Nucria) apreendeu o designer de tatuagem em Curitiba.

Um dos participantes mais polêmicos do BBB16, o designer de tatuagem Laércio de Moura, de 53 anos, foi preso ontem em Curitiba, suspeito de estupro de vulnerável – menores de 14 anos – e também por fornecer bebidas alcóolicas às vítimas.

Com mandado preventivo, Laércio permanecerá na prisão enquanto durarem as investigações dos ocorridos. De acordo com a delegada Patrícia Conceição Nobre Paz, as denúncias já haviam sido recebidas durante a participação do designer no reality show, no começo do ano. Em entrevista para o Gazeta do Povo, a delegada afirmou o que Ana Paula já denunciava no programa: as vítimas apareceram na época de sua participação (entre janeiro e fevereiro), o que abriu a investigação.

>>> Leia também: Cultura do estupro: antes de dizer que não existe, entenda o que significa 

Após busca e apreensão, os aparelhos eletrônicos encontrados na casa de Laércio foram enviados à perícia e ele dará seu depoimento ainda hoje (16).

Enquanto ainda estava no reality, o participante e Ana Paula Renault tiveram seus momentos de conflito – principalmente pelas atitudes suspeitas do designer. Ela não aceitou (e nem deveria) o fato de ele ter admitido namorar duas meninas – uma de 17 e outra de 19 anos – e nem que ele dormisse só de cueca em um quarto com outras mulheres.

A briga chegou ao segundo paredão, quando Laércio foi eliminado com 54% dos votos contra a sister.

Confira outras polêmicas que já rolaram no programa:

☆ Descubra o significado de VÊNUS no seu Mapa Astral ☆