Fábio, que entraria no BBB19, é desclassificado do programa pela Globo

A emissora informou sobre a decisão por meio de um comunicado, divulgado na tarde deste sábado.

A Rede Globo divulgou, na tarde deste sábado (12), que o gaúcho Fábio, lutador de MMA que entraria na 19ª edição do Big Brother Brasil, foi desclassificado do programa.

A emissora emitiu um comunicado público, no qual informa que a decisão foi tomada após a Globo tomar conhecimento sobre “fatos relacionados ao participante avaliados como inadequados ao perfil dos competidores, conforme o regulamento do programa”. Mais informações ainda não foram divulgadas, mas sabe-se que Fábio não será substituído por outra pessoa.

Essa não foi a primeira polêmica em torno do BBB19, que estreia na próxima terça-feira (15). Nesta semana, o participante Vanderson foi denunciado nas redes sociais por assédio e agressão – mas a Globo, até o momento, não se pronunciou sobre os casos.

Veja o comunicado, na íntegra:

“O atleta de MMA do Rio Grande do Sul, Fábio, de 27 anos, foi desclassificado do BBB19. A Globo tomou conhecimento hoje de fatos relacionados ao participante, avaliados como inadequados ao perfil dos competidores conforme o regulamento do programa. Fábio não será substituído”.

Atualização:

Um stories no perfil do Instagram do ex-participante foi postado, minutos após a notícia. Na publicação, familiares confirmaram a situação e disseram que “No momento certo, o Fábio, com certeza, irá dar seu depoimento”.

 (@fkamikase/Reprodução Instagram)

Neste domingo (13), o site Notícias da TV informou que o motivo que resultou na desclassificação de Fábio foi o fato do atleta ser patrocinado por uma marca de roupas de ginástica, atitude que viola uma das principais cláusulas no contrato de participação do programa, a de ser proibido vincular a imagem de qualquer participante com marcas, especialmente de vestuário, durante todo o período em que está confinado dentro da casa.