Felipe Dylon fala da internação em clínica psiquiátrica

O cantor teen disse que precisava se "desligar um pouco da realidade"

Exibindo um visual rastafári, Felipe 
Dylon está pronto para retomar a carreira
Foto: AgNews

Afastado da mídia há três anos, o cantor Felipe Dylon está preparando a sua volta depois de revelar ao jornal carioca “Extra”, na edição do dia 31 de outubro, que passou uma semana internado na clínica Núcleo Integrado de Psiquiatria (NIP), especializada em tratamentos psiquiátricos e de dependência química, no Rio. A internação aconteceu há dois meses e a notícia foi confirmada no blog do artista no mesmo dia 31. 

“Fui a uma festinha e no dia seguinte acordei indisposto. Aí, a minha mãe me levou para essa clínica de reabilitação para cuidar da saúde. Não tem nada a ver com drogas. Precisava me desligar um pouco da realidade. Parar para pensar e refletir a vida”, disse o gato ao jornal. 

Ídolo teen, ele lançou o seu primeiro disco em 2003 e esteve nas paradas de sucesso com os hits “Deixa Disso” e “Musa do Verão”. Hoje, aos 22 anos, com um visual rastafári, Dylon está pronto para outra. Com data marcada para o próximo sábado, 7 de novembro, os fãs poderão conferir sua nova música de trabalho, “Assim Começa o Amor”, que estará disponível para download na reestreia do seu site oficial

Animado, ele agradeceu o carinho de todos com uma mensagem no seu blog. “Não vejo a hora de voltar para a estrada e levar meu som para todo mundo que curte minha música. Quero agradecer o carinho de todos os meus fãs e minha equipe que estão me apoiando e me incentivando nesta nova etapa de minha carreira! Beijão para todo mundo!”