Filho de Maurício de Souza denuncia ataque homofóbico que sofreu

Com um print de um comentário preconceituoso, Mauro Souza explicou que a fala do hater é crime agora.

Para falar sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de criminalizar a homofobia e transfobia, o filho do Maurício de Souza, Mauro Souza, mostrou um comentário preconceituoso que recebeu nas redes sociais. A partir do print, ele fez uma reflexão sobre como o que antes era supostamente apenas uma opinião, agora é crime.

Na imagem é possível ver que o ataque aconteceu no Facebook de Mauro. Só que o filho do criador da “Turma da Mônica” preservou a identidade do hater apagando o nome dele, deixando a mostra só a mensagem que recebeu.

“Tenho 56, fui fã da revistinha Turma da Mônica. Infelizmente hoje Maurício de Souza, sem forças para decidir sua vida, vai deixar um viadinho desfazer seu sucesso de décadas…”, escreveu o hater.

Para explicar o porquê de ter recebido tais palavras agressivas, Mauro contextualizou a situação e lembrou da decisão do STF. “Em uma reportagem recente, eu comentei, sim, que havia planos de um personagem gay na Turma da Mônica e, por conta disso, o infrator fez o comentário homofóbico acima. A diferença entre ontem e hoje é que ontem ele era apenas mais um hater. Mas hoje, ele é um criminoso e pode ir para a cadeia”.

Já no fim da legenda, o filho de Maurício de Souza expressa a força trazida com a proteção jurídica estabelecida recentemente. “Não, eu não vou ficar calado. Não, eu não quero mais aceitar que me chamem de “viadinho”. Só quem pode me chamar assim sou eu mesmo. E sim, a LBGTfobia agora, é crime”. 

View this post on Instagram

Oi, seguiMores! Sabe… eu geralmente prefiro postar coisas legais e felizes, mas dessa vez, resolvi fazer esse post. Não para expor ninguém, mas para informar os mais desinformados. Em uma reportagem recente, eu comentei, sim, que havia planos de um personagem gay na Turma da Mônica e, por conta disso, o infrator fez o comentário homofóbico acima. A diferença entre ontem e hoje é que ontem ele era apenas mais um hater. Mas hoje, ele é um criminoso e pode ir para a cadeia. Não, eu não vou ficar calado. Não, eu nao quero mais aceitar que me chamem de “viadinho”. Só quem pode me chamar assim sou eu mesmo. E sim, a LBGTfobia agora, é crime. Beijos coloridos 😘🌈 #lovewins

A post shared by Mauro Sousa (@maurosousa) on

Mesmo com esse tipo de comentário negativo na internet, pai e filho ganharam muitos likes recentemente com um clique especial entre eles e Rafael Piccin, o namorado de Mauro. A foto foi postada no perfil de Maurício, com uma legenda bem almoço de domingo em família.

Para quem não sabe, existe um personagem inspirado em Mauro na “Turma da Mônica”: o Nimbus. No site em que os personagens são descritos, as semelhanças entre a criação de Maurício e o filho são explicadas. “As características do Nimbus nasceram da real curiosidade que ele tem por tudo que se refira ao tempo, condições meteorológicas, clima, etc. Além disso, é o mágico da Turminha e adora fazer seus truquezinhos. Nimbus é um garoto simpático, inteligente, sensível e carinhoso”.