Guilherme Leicam fala sobre a relação com sua família

Seu personagem Gustavo em 'Alto Astral' não trata nada bem as irmãs e o avô! Mas o ator garante que é um cara muito família e se dá bem com as duas irmãs

O público fica irritado com as maldades de Gustavo, interpretado por Guilherme Leicam em Alto Astral. Mas o ator defende que o personagem só age daquele jeito porque não sabe ser diferente. Nesta entrevista, o rapaz conta que tem uma boa relação com sua família, que mora em Rio Grande, no Rio Grande do Sul. “Diferentemente do Gustavo, eu me importo com eles e tento ajudar. Mesmo morando longe, faço questão de visitar. Já meu personagem só quer saber dele mesmo…”, diz.

Em Alto Astral, Gustavo nunca escuta os conselhos dos parentes. Na vida real, como é sua relação com a família?
Tenho uma relação ótima com todos eles! Inclusive sou irmão de duas mulheres na vida real, como na novela. A diferença é que me dou superbem com elas. Procuro visitar minha família uma ou duas vezes por ano, porque é longe. No Natal estou sempre lá, assim como no meu aniversário, no meio do ano. Já o Gustavo é completamente diferente. Ele não quer saber da família, só quer saber de si mesmo. Ele tem os motivos dele para agir assim, mas nesse sentido nós não compartilhamos o mesmo pensamento.

Como é o incentivo da sua família à sua carreira?
Eles apoiam muito! Foram os primeiros a dizer: “Vai para o Rio de Janeiro, estuda e arrebenta!” Tenho um primo que deseja ser ator e também quer se mudar para o Rio, e eu já comecei a ajudá-lo. Nossa relação com todos da família é ótima e eles me deram todo apoio desde que eu entrei para a carreira de ator. Sou grato.

 

View this post on Instagram

Foto no elevador com a Vó Irene!!! ❤️👵

A post shared by GUILHERME LEICAM® (@guilhermeleicam) on

 

Descontraído, Guilherme aparece com a avó Irene

Qual é sua novela preferida?
Acho que gosto mais de série do que de novela. Assisto Breaking Bad e gostei muito de Dupla Identidade, porque o tema é bem denso. Eu gosto de trabalhos assim.

O Laerte (vilão de Em Família, que Guilherme viveu na primeira fase da novela) era bem denso, né?
Sim. O Laerte foi um desafio para mim, porque a novela das 9 tem um pouco mais de peso, a novela das 7 é mais descontraída. O Gustavo é vilão, mas choca pela ironia. Ele é muito irônico, né?

Eu não compartilho o mesmo pensamento que o Gustavo na novela: família para mim é muito importante!

Como você enxerga o tratamento que ele dá à irmã gordinha, a Bia (Raquel Fabbri)?
Por não saber ou entender o problema dela, ele acaba sendo agressivo. Ele quer que ela emagreça, mas não ajuda em nada. Não diz: “Maninha, vamos correr?” ou “Maninha, vamos comer melhor?” Ele fala: “Gorda! Emagrece”. E aí ela acaba buscando refúgio na comida. O Gustavo não é nem um pouco delicado nesse sentido.