Guilherme Prates, o Daniel de Vidas em Jogo, conta como é ser “cego” na novela

O ator Guilherme Prates revela como se preparou para interpretar um cego na novela Vidas em Jogo

Guilherme recebe aula de locomoção para interpretar Daniel
Foto: Divulgação – Rede Record

Guilherme Prates, o Daniel de Vidas em Jogo, conversou com a MINHA NOVELA e contou como compôs seu personagem que recentemente ficou cego, depois de sofrer com uma explosão no restaurante de Severino (Paulo César Grande).

Para adquirir as técnicas usadas por um deficiente visual, Guilherme decidiu procurar um centro de referência no assunto, e optou pelo Instituto Benjamin Cosntant, no Rio de Janeiro. Lá ele foi acompanhado por profissionais especializados, que lidam diariamente com o treinamento de deficientes visuais. Guilherme fez aulas de locomoção: “O legal é que aqui você tem todo apoio para se reintegrar à sociedade. Além das aulas de braile e digitação, também existem essas aulas de locomoção, que os ensinam a andar com segurança”, explica Guilherme.

Guilherme Prates, o Daniel de Vidas em Jogo, conta como é ser "cego" na novela

O ator realizou atividades com os olhos vendados
Foto: Divulgação – Rede Record

“Foi uma experiência maravilhosa, pois logo que cheguei assisti a um show de uma banda de cegos. Levei um choque, porque é muito diferente, foi muito engrandecedor ter conhecido esse lugar tanto para o meu trabalho como para a minha vida”, revela o ator. Guilherme posou também ao lado de Léo, que é cego há 8 anos e de Jesus, que há 3 anos tem perdido a visão gradualmente. “Eu tive a oportunidade de moldar cerâmica com os olhos vendados, o que é me ajudou a falar a mesma linguagem que eles”, conta o ator.

Seu personagem, Daniel, terá que lidar com dificuldades para aceitar um novo estilo de vida com a perda a visão: “O Daniel sofre com a situação, mas também tentará usar isso a seu favor, fazendo de tudo para voltar com Cacau (Marcela Barroso)”, revela.