Gwyneth Paltrow sobre Brad Pitt: “Ele era bom demais para mim”

Em entrevista para uma rádio americana, a atriz abriu o coração e falou sobre seu relacionamento com Brad Pitt e Ben Affleck

Falar de antigos romances não é fácil, principalmente se você teve ex-namorados como Brad Pitt e Ben Affleck na lista dos relacionamentos que não deram certo. Nesta quarta-feira (14), a atriz Gwyneth Paltrow abriu o coração para Howard Stern durante uma entrevista para a rádio SiriusXM e contou como foi namorar dois dos galãs mais desejados de Hollywood. 

Gwyneth namorou Pitt por três anos e ficou noiva do ator em 1995, durante as filmagens de Seven – no qual contracenaram juntos. “Eu definitivamente me apaixonei por ele”, lembra. “Ele era tão lindo e meigo. Quero dizer, ele era o Brad Pitt!”

O pai da loira, Bruce Paltrow, também era apaixonado por Brad – a quem considerava como um filho – e ficou arrasado quando relação dos pombinhos terminou, em 1997. “Eu era uma criança, tinha apenas 22 anos quando nos conhecemos. Não estava pronta e ele era bom demais para mim”, ressaltou. 

Mesmo depois de tanto tempo, Gwyneth confessou que ainda guarda fotos dos dois juntos. “Eu tenho algumas, que devem estar guardadas em algum lugar”, revelou. “Eu acho que cada pedaço da sua vida é uma parte importante”, concluiu. 

Diane Freed/Getty Images Diane Freed/Getty Images

Diane Freed/Getty Images (/)

Outro ex-namorado hollywoodiano da estrela da franquia Homem de Ferro, é ninguém menos que Ben Affleck. O relacionamento, que começou em 1997, durou três anos. “Ele não estava em um bom momento para ter uma namorada”, justificou a atriz. E, ao contrário de Pitt, os pais da atriz acreditavam que Affleck não era a pessoa certa para ela. “Eles o amavam, mas também ficariam bem se não estivéssemos juntos”, declarou. 

Com 42 anos e mãe de dois filhos (Apple, 9 anos, e Moses, 7), Gwyneth está solteira desde o fim de seu casamento com o cantor Chris Martin. A atriz e o vocalista da banda Coldplay anunciaram a separação em março de 2014.