Império: Jurema e Reginaldo morrem nas mãos de Cora

A vilã não suportará as chantagens do casal e colocará um ponto final nas ameaças

Passar a ser chantageada e chamada de escrava Zuleika por Jurema (Elizângela) será o estopim para Cora (Marjorie Estiano). Irada, a megera começa a bolar um plano para matar a pobre mulher e o marido dela, Reginaldo (Flávio Galvão).

A essa altura, os dois já terão certeza de que ela exterminou Fernando (Erom Cordeiro) e pode ter feito o mesmo com o filho, Jairo (Julio Machado). E a humilham o tempo todo, obrigando-a a trabalhar como empregada deles.

Reginaldo, picareta, sentindo-se numa posição de poder, ainda tenta tirar a virgindade da maluca. E numa dessas tentativas é que a víbora vai matar Reginaldo.

Certa noite, ao perceber que está prestes a ser molestada, a vilã grita e Jurema sai para acudi-la. Mas, ao ver o marido em cima de Cora, Jurema surte e avisa a Reginaldo que vai expulsá-lo de casa. Só que Jurema, na pressa, cai da escada e perde a vida. Aproveitando o acidente, a megera pega a arma que era de Fernando e atira em Reginaldo, que cai mortinho ao lado da esposa.

Conheça os signos que todo mundo odeia – escute no nosso podcast!