Israel Novaes: “O arrocha e o romântico podem andar juntos, eles não competem”

Cantor comenta a respeito de seu sucesso como 'O Cara do Arrocha', mas garante que também segue na linha do sertanejo romântico

Cantor durante show no Villa Country na última seguna-feira (8)
Foto: Rosa Marcondes

Aos 23 anos, Israel Novaes – o ‘Cara do Arrocha’ – comemora o sucesso em sua carreira. Dono de hits como Vem Ni Mim Dogde Ram, Carro Pancadão, a nova Vó Tô Estourado, além de ser o compositor do sucesso “Mentes Pra Mim”, gravada por Gusttavo Lima e Cristiano Araújo, o cantor ainda quer mostrar um outro lado: o romântico. E garante não haverá dificuldade em sair do rótulo que ganhou.

“Eu acho que as duas músicas (arrocha e romântica) podem andar juntas, elas não competem em espaço, porque existe um momento que você quer ouvir música romântica e tem o momento que você quer animar o espírito e jogar a coisa pra cima. Então as coisas podem andar juntas, ao mesmo tempo, mas em situações diferentes”, disse Israel.

O Cara do Arrocha

E Israel se transformou em “O Cara do Arrocha” ao cantar ao lado de Zé Ricardo e Thiago, “Sinal Disfarçado”, além de, na sequência, vir com “Vem Ni Mim Dodge Ram”: “Isso pegou e quando você vai chamar a pessoa, às vezes isso fica na cabeça da galera e foi devido a ‘Sinal Disfarçado’ ter feito e ainda fazer sucesso que pegou. Eu sempre estou vindo na contramão da musicalidade e se eu cheguei com uma coisa diferente, eu gosto de misturar e fazer música de verdade”, explicou.

O cantor acredita que não é preciso acabar com esse rótulo e que ele pode mostrar o outro lado de seu trabalho de forma natural. “As coisas vão acontecendo. As músicas vão chegando. Eu estou no começo do começo, então tem muito tempo ainda para trabalhar e para mostrar que eu vim para ficar e não estou de passagem. Esse pseudônimo veio acrescentar. É uma coisa a mais que eu tenho”.

Romantismo

Israel garante que sempre mostrou seu lado romântico, mas o que geralmente mais chama atenção é o estilo animado: “Eu mostro esse lado [romântico], e o que geralmente transmite empatia e gosto primeiro são as músicas mais animadas, elas podem tocar em qualquer lugar. Romântica não pode tocar em qualquer lugar, acho que é isso, então com o tempo você chega e mostra sua cara e depois as pessoas vão atrás do seu trabalho, vão conhecer as músicas românticas”.

E completa: “É muito complicado chegar de cara com uma música romântica. Na balada, as pessoas querem pensar em coisas boas, então tem que levar uma letra animada. Então eu vou estar sempre nessa linha de coisa descontraída, de coisa jovem”.

Vida Pessoal e fãs

Recentemente o cantor foi alvo da mídia devido a fotos divulgadas nas redes sociais dele com a ex-Panicat Dani Bolina, em uma piscina. Israel disse que essa exposição não atrapalhou em sua carreira. “Eu sempre procuro mostrar o que eu vim pra fazer. Acho que a partir do momento que você é exposto a alguma coisa, é meio que natural que as coisas aconteçam e o que vim pra mostrar é meu trabalho. Se aconteceu, não me atrapalhou e não me ajudou, porque eu tive muitas críticas das fãs”, contou, destacando: “Eu sou solteiro”.

O que vem por aí

Israel Novaes está preparando novos trabalhos para os fãs. O cantor confirmou que, em agosto, lançará um disco com seus sucessos e algumas inéditas. “Em novembro, mais ou menos, vamos gravar o DVD já com outras músicas”. Um dos possíveis locais para a gravação do novo projeto é Goiânia, mas o cantor não confirmou.

Assista ao clipe da última música de trabalho de Israel Novaes, “Vó Tô Estourado”:

//www.youtube-nocookie.com/embed/zfGZbGGFSCY