José Loreto: “Meu maior desafio com esse personagem é contracenar com uma cabra”

Bem-humorado José Loreto é só sorrisos ao falar sobre o doce Candinho, seu personagem em Flor do Caribe, e de sua relação amorosa com a atriz Débora Nascimento

José Loreto, que vive Candinho em Flor do Caribe
Foto: TV Globo/Divulgação

Aos 28 anos, José Loreto garante que está vivendo uma das melhores fases de sua vida, tanto pessoal quanto profissional. “Está sendo um tesão interpretar o Candinho (em Flor do Caribe), um desafio mesmo. Lógico que ainda tenho poucos trabalhos na TV, mas este com certeza é o mais difícil, o que eu menos esperava que fossem me dar. Estou extremamente empolgado!”, declarou Loreto com brilho no olhar.

Sentiu medo quando soube que iria interpretar o Candinho?
Meu maior desafio com esse personagem é contracenar com uma cabra. Por ser um bicho não domesticado, tenho que ficar aberto ao improviso o tempo inteiro. Ela não é um cachorro, que você fala e ele senta, te olha, é adestrado. A cabra é totalmente livre, então, é uma dificuldade, mas que na verdade me ajuda, me deixa mais vivo em cena. Às vezes, a puxo e ela empaca. Então tenho que pegá-la no colo, afinal o texto não pode parar, tem que ter ritmo. Fora que o Candinho fala muito com ela, eles batem papos longuíssimos (risos).

José Loreto: "Meu maior desafio com esse personagem é contracenar com uma cabra"

O personagem Candinho e Ariana, a cabra
Foto: TV Globo/Divulgação

Precisou fazer laboratório para poder lidar com a Ariana (a cabra)?
Na verdade, precisei criar afinidade com ela. Tive que aprender a “panhar leite”, como fala o Candinho (risos). Existe toda uma técnica de repetições.

Teve contato com a cabra antes de as gravações começarem?
Tive! Vim várias vezes ao Projac encontrá-la. Sempre com o objetivo de termos mais afinidade em cena. Eu ainda estava fazendo Avenida Brasil quando comecei a ter contato com ela. Agora estamos bem, cada vez mais à vontade um com o outro! Mas, claro, estamos sempre lidando com o desafio do improviso (risos).

Aconteceu algum episódio engraçado com você e a Ariana em cena?
Vários (risos)! Me divirto com ela em todas as gravações. A Ariana empaca, quer andar para trás… Eu digo: ‘Poxa, Ariana, para de ser preguiçosa!’ Aí ela faz o ‘bemmm’ dela (risos). Gravei uma cena com ela na cama. Quando entrei, ela estava fazendo os cocozinhos dela, iguais a bolinhas de gude. Xixi na cama também não faltava (risos). Aí tive que voltar, gravar de novo, afinal não dá para falar ‘trava’ (risos)! Fora que, às vezes, ela “fala”, e tenho que “responder” ao que ela está dizendo.

José Loreto: "Meu maior desafio com esse personagem é contracenar com uma cabra"

José Loreto e sua namorada Débora Nascimento
Foto: TV Globo/Divulgação

Como é voltar a contracenar com a Débora Nascimento?
Ah, está sendo ótimo! Ainda nem sei o que é fazer uma novela sem ela (risos). Lá em Natal (RN) ela chegou depois de mim e foi embora antes, mas, mesmo assim, conseguimos aproveitar aquelas paisagens paradisíacas.

Débora tem ciúme da Ariana (risos)?
Ainda não. Mas espero que sinta, afinal, o amor de Candinho e Ariana é tão intenso que deverá causar ciúme nela, sim (risos)!

E você? Sente ciúme da Débora em cenas quentes com outros atores?
Não. Já fiz alguns trabalhos e estou acostumado com isso. Não tenho ciúme de ela dar um beijo na boca ou fazer uma cena de sexo. É novela, não é?! A galera em casa às vezes acha estranho, até porque associa uma coisa a outra, mas lidamos bem com isso!

Já planejam o casamento?
Estamos juntos há pouco tempo, ainda na fase de namoro e curtindo o momento. Apesar de passarmos bastante tempo juntos, ela tem o apartamento dela e eu o meu. Vivemos uma lua de mel, casar só mais para frente!

Algumas pessoas dizem que é ruim misturar trabalho com amor…
Olha, estou adorando essa experiência! Como trabalhamos com a mesma coisa, sempre nos ajudamos muito. Nos entendemos superbem, apesar de, às vezes, ela ficar lendo alto e me atrapalhando e vice-versa (risos). Aí vamos para cômodos diferentes e fica tudo certo entre a gente.

Conseguiram tirar férias juntos após o fim de Avenida Brasil?
Sim e foi muito bom! Ficamos hospedados por uma semana em um spa. Eu precisava emagrecer uns cinco quilos para o personagem e ela queria dar uma afinada, fazer reeducação alimentar… Estamos aproveitando a vida juntos desde os meados de Avenida Brasil.

Você precisou emagrecer e até colocou aplique no cabelo. Está curtindo a mudança em seu visual?
Ah, adorei! O perfil do personagem é ótimo. Mais magrinho, cabelo meio desgrenhado… Por ser bem diferente, ele me ajudou a desapegar do estereótipo do Darkson, da malemolência dele. Agora estou roubando até os cremes de cabelo da Débora (risos).

Mas afinal: Candinho não vai ter uma namoradinha na história?
Mais para o meio da novela, sim. Ele vai se apaixonar perdidamente por uma pessoa bem diferente dele, uma menina que vem do Rio de Janeiro, uma típica carioca. Mas, por enquanto, o amor dele é só a cabra mesmo (risos).