José Mayer confessa estar animado com seu primeiro personagem gay

Em Império, o ator abandona o tipo galã para viver um pai de família em dúvida sobre sua sexualidade

José Mayer foi uma das estrelas que passou pela festa de programação da Globo, na quarta, 02
Foto: Paulo Eduardo/ Agnews

Os personagens que consagraram José Mayer foram galãs disputados a tapa pelas mocinhas e vilãs das novelas. Mas será que ele nunca enjoou desse tipo “pegador”? “Não”, jura ele, sorrindo conquistador e reforçando o título. “Nunca na minha vida fiquei aborrecido com personagens iguais. Hollywood faz isso o tempo todo e não há diminuição do ator nisso”, garante, mas confessa: “No entanto, as coisas passam e já era hora de abandonar esse papel de sedutor”.

E a grande libertação chega com Claudio, seu novo personagem, em Império, a próxima novela das 21h da Globo. Será a primeira vez que Zé interpretará um gay nas novelas. “Mas ele é enrustido. Terá um ponto de conflito muito interessante ao longo da história. Acredito que é um tema muito atual”, conta.

Claudio será um cerimonialista que organiza casamentos e festas de muito bom gosto. Pai de uma menina de 18 anos e um rapaz, ele terá um conflito sobre sua preferência sexual, mas esconderá de todos. “A gente sabe que nem todo homossexual quer se assumir”, diz Zé. O desafio de largar o passado de machão conquistador não apavora nem um pouco o ator, que se sente seguro nas mãos de Aguinaldo Silva, autor desta trama.

“Comecei com Aguinaldo na minissérie Bandidos da Falange, de 1983, e desde então, já foram sete trabalhos com ele. É bom estar presente nas obras mais marcantes dos autores”, diz ele, que foi convidado especialmente por Aguinaldo para o papel de Claudio. “Aceitei. É importante diversificar do confinamento artístico da nossa aparência. É provocadora a libertação da destinação habitual”, filosofa o ator, que apareceu pela última vez na telinha em Saramandaia (2013).

Mas sem Zé para suspirar, quem será que ocupará o lugar de galã da Globo? O veterano faz suas apostas: “Thiago Rodrigues, Cauã Reymond…são vários garotos talentosos, mas quem escolhe é o público, né?”.

José Mayer confessa estar animado com seu primeiro personagem gay

Zé, ao lado de Lília Cabral, em Saramandaia, seu mais recente papel na telinha
Foto: Divugação Globo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s