Júlia Rabello planeja primeiro filho com Marcos Veras: “Quero tentar no ano que vem”

Há oito anos juntos, os dois curtem o sucesso na carreira e pensam na família

Marcos Veras e Júlia Rabello no Jardim Botânico, no Rio
Foto: Rafael Campos

A música Eduardo e Mônica é especial na trilha sonora do casal Marcos Veras, 33 anos, e Júlia Rabello, 32, humoristas. “A gente se identifica com os dois personagens desse sucesso da Legião Urbana. Eu sempre fui brincalhão e ela, mais séria”, ele compara. Os dois se conheceram há oito anos, em um bar na zona sul carioca, por meio de amigos em comum. Logo na primeira conversa, Marcos falou sobre casamento. “Não sei como chegou a esse assunto, mas eu disse que acreditava nessa instituição”, ele ri. “Achei esse papo muito estranho. Eu nem sequer sonhava com um namorado. Quando eu o ouvi falar sobre troca de alianças, disse: ‘Nossa, que homem é esse?'”, conta Júlia.

Apesar das diferenças, como diz a música, ela “quis saber um pouco mais sobre o boyzinho que tentava impressionar”. E os dois seguiram juntos para uma festa no Leme, também na zona sul carioca, coincidentemente, bairro onde o casal mora hoje. “Sempre fui o romântico da relação. Mas ela também é. Cada um do seu jeito, a gente se completa”, diz Marcos.

Planos para um filho

Felizes com o casamento de dois anos e meio, os dois agora pensam em ter filhos. “Quero tentar no ano que vem. Ainda não pude parar com os anticoncepcionais porque tenho alguns contratos e não tenho tempo”, explica Júlia. “Estamos na maturidade. Se esperarmos uma hora em que não estejamos trabalhando muito, também não é bom”, emenda o ansioso Marcos.
Júlia tem nove irmãos, mas não pensa em ter família grande. “Adoraria ter uma mesa cheia de crianças em casa, mas hoje é impossível. Não tenho mais idade para gerar dez filhos. Teria de abdicar de tudo”, completa a atriz, durante bate-papo no Jardim Botânico, no Rio.

Paixão no dia a dia

Parte dessa felicidade do casal vem do momento profissional. Os dois curtem o sucesso na carreira graças ao fenômeno Porta dos Fundos, além da participação de Marcos em Encontro com Fátima Bernardes e no elenco de Zorra Total, programas da Rede Globo. “O importante é estar feliz, realizado. É difícil fazer a manutenção do casamento. A questão da parceria, do companheirismo, é muito importante. Desejo que ele sempre esteja pleno, para eu estar feliz. Não posso pensar só na minha felicidade, senão afunda. Um puxa o outro”, brinca Júlia.

Júlia Rabello planeja primeiro filho com Marcos Veras: "Quero tentar no ano que vem"

Eles trabalham juntos e aproveitam os intervalos no set de filmagem para resolver pendências da casa
Foto: Rafael Campos

Com Júlia e Marcos, não há preconceitos: o casal volta e meia senta para ver novela, mas também adora ir ao cinema, assistir a filmes fora do circuito comercial. Eles mantêm a paixão no dia a dia com programas amenos, culturais, jantares a dois… Porém, não acreditam em uma fórmula para sustentar o casamento. “A gente já brigou muito, mas se entende. Com a idade, mudou. Depois dos 30, você amadurece. Mas não julgo quem se separa. É muito difícil segurar um relacionamento”, diz Marcos. “A vida é muito louca, leva as pessoas para lugares diferentes. Não pensamos em nos separar. Gosto tanto do nosso amor que quero viver com isso para o resto da vida. Nossa relação me preenche muito. Ele é fundamental para mim. Minha vida é muito mais feliz hoje do que era antes de conhecê-lo”, emenda a atriz.

Vida corrida

Apesar de tanta afinidade, o casal precisa se esforçar para conseguir um tempo junto na agenda. Marcos acorda de segunda a sexta às 5h, sai de casa e percorre 30 quilômetros até o Projac, para participar do programa de Fátima Bernardes, 51.

Júlia desperta um pouco mais tarde, vai à academia, resolve os problemas da casa e sai para trabalhar. Desde que se tornou atriz de televisão, ela ficou mais vaidosa. A humorista não segue o estereótipo das mais magrinhas, mas se preocupa com o corpo. “Toda mulher queria estar mais magra. Eu nunca fui descuidada, mas não posso dizer que era supervaidosa. Eu me acho um tonel, uma pessoa de 150 quilos, e todo mundo reclama que sou exagerada (risos). Sei que esses comentários são excessivos, mas é vaidade feminina. Tento cuidar do corpo, da alimentação. Vou à academia todo dia, corro, malho, todas essas coisas chatas”, diz Júlia às gargalhadas.

De olho nas férias

O casal se encontra à noite e, ultimamente, no set de filmagem do longa Copa de Elite, em que formam o casal protagonista. Os dois dizem que os bastidores se transformaram na sala de estar deles. “A gente acaba resolvendo na hora do almoço coisas pessoais, as contas para pagar, questões da casa… Mas ficamos o tempo inteiro no telefone também, falando no WhatsApp…”, diz Marcos.

O objetivo do casal, agora, é descansar. Em janeiro vão tirar férias e passar 20 dias na Europa. “Vamos para Roma, Florença e Veneza, na Itália, além de Praga, na República Checa”, revela o ator.

ESTA ENTREVISTA FAZ PARTE DA EDIÇÃO 1993 DA CONTIGO!, NAS BANCAS EM 27/11/2013.

Júlia Rabello planeja primeiro filho com Marcos Veras: "Quero tentar no ano que vem"

O casal faz planos para ter filho no ano que vem
Foto: Rafael Campos