Julia Roberts revela que final original de “Uma Linda Mulher” era pesado

Nada de mocinha feliz no final.

Sabe o final de “Uma Linda Mulher” (1990), em que Vivian (Julia Roberts) fica toda feliz com Edward (Richard Gere)? Poderia ter sido completamente diferente se o filme não tivesse mudado de estúdio. Em um bate-papo para uma série da revista Variety, Julia e Patricia Arquette – que concorreu ao papel principal – falaram sobre o roteiro que receberam de “3000” (o título original do filme) antes das audições.

“O final era bem pesado. Na última cena, minha personagem era jogada para fora de um carro e o motorista atirava dinheiro em cima dela, para ela lembrar o que era [uma prostituta]. Isso em um beco sujo”, lembrou Julia. Patricia opinou que “era um filme sombrio”.

Quando soube que tinha sido escolhida, Julia até ficou em dúvida se iria até o fim no projeto. Ela mudou de ideia ao saber que o estúdio havia sido fechado e o roteiro tinha passado para as mãos da Disney. “Quando o [diretor] Garry Marshall me disse que tudo tinha mudado, achei que ficou mais a minha cara, então fui com tudo”, afirmou.

Sobre o roteiro original, que terminava com a humilhação de Vivian, Julia garante: “Eu não conseguiria fazer naquela época, eu não conseguiria fazer agora. Graças a Deus que deu tudo errado!”