Lady Gaga fala abertamente sobre o estupro sofrido aos 19 anos

"Não sabia como aceitar e não sabia como pensar que não era minha culpa", contou a cantora em painel sobre abuso sexual

Lady Gaga falou abertamente sobre o abuso sexual que sofreu aos 19 anos durante o TimesTalk, um painel organizado pelo jornal New York Times. A cantora, que no ano passado revelou ao programa de rádio Howard Stern, que tinha sido estuprada na adolescência por um agressor 20 anos mais velho, voltou a falar sobre o assunto. “Eu não contei pra ninguém por sete anos. Eu não sabia o que pensar sobre isso”, disse ela, que no ano passado, lançou a canção “Til it Happens to you” para o documentário Hunting Ground, que aborda os abusos sexuais que acontecem nas universidades americanas. “Não sabia como aceitar e não sabia como pensar que não era minha culpa. É algo que realmente mudou a minha vida. Mudou completamente quem eu sou”, revelou. 

Até que aconteça com você
Você não sabe como é, como é
Até que aconteça com você, você não saberá, não será real.

Aos 29 anos, Gaga ainda contou que o abuso mudou, inclusive, sua relação com o corpo. “Quando você passa por um trauma como esse, não são apenas as reações físicas imediatas. Para muitas pessoas, isso vira um trauma que você fica revivendo por anos. Isso pode gerar padrões no seu corpo de estresse físico. Por isso, muitas pessoas não sofrem apenas da dor emocional e mental, mas também da dor física de terem sido abusadas, estupradas ou traumatizadas de aluma forma”. 

No ano passado, quando falou sobre o assunto pela primeira vez, Gaga contou que chegou a ver seu agressor uma vez depois do acontecido, em uma loja, mas ficou paralisada de medo. “Não quero ser definida por isto. Vou ficar chateada se alguém vier dizer que todas as coisas criativas e inteligentes que fiz estão sob a sombra do que um idiota me fez”, declarou. 

No painel do TimesTalks, Gaga pediu que as vítimas encontrem suporte e amor para passar pelo trauma. “O que eu espero com a música e com o documentário é que nós possamos ajudar para que as pessoas se sintam amadas depois do que aconteceu”, disse a cantora, que completou: “A verdade é que talvez nós nunca possamos evitar que estupros aconteçam, mas podemos ajudar as pessoas a sobreviveram à ele”. 

Lady Gaga foi indicada ao Grammy pela canção “Til it Happens to you” e ao Globo de Ouro por sua atuação como Condessa Elizabeth Johnson em American Horror Story: Hotel