MasterChef surpreende com eliminação dupla na reta final

O 'MasterChef' da semana foi repleto de intriga, passada de perna e umas sobremesas pouco requintadas.

Após muitas semanas de correria, tômperosAna Paula Padrão sempre avisando dos cinco minutos restantes para acabar a prova, o ‘MasterChef Brasil‘ segue em sua reta final surpreendendo o público aficionado por realities.

Estamos até acostumados com a tradicional prova de servir pratos requintados para especialistas, ou mesmo algum desafio manual como o ocorrido no programa nesta terça-feira (3). Mas sabe algo que não estamos acostumados? Uma eliminação DUPLA nessa reta final. Tem vontade de saber dos barracos e o que rolou nesse programa? Cola aqui no nosso resumo.

A guerra entre Maria Antônia e Katleen

Por terem vencido as provas do programa anterior, Maria Antônia e Katleen foram escolhidas como capitãs da prova em grupo. Para o programa desta terça, eles precisaram fazer uma releitura de pratos refinados de culinária. O pior: os juízes seriam críticos gastronômicos conceituados e convidados que entendem bastante de gastronomia. Maria Antônia escolheu para seu grupo Thiago e Eliane, enquanto Katleen ficou com Hugo, Victor Hugo e padre Evandro.

Esta prova foi uma verdadeira guerra entre as duas líderes. Em vez de focarem nas releituras de carpaccio, brandade de bacalhau e choux de la creme (o objetivo da prova), as duas fizeram tática de guerrilha para impedir o sucesso do time adversário. Maria Antônia, por exemplo, teve a chance de fazer as compras antes e tratou de pegar todas as batatas doce, estragando as ideias de Katleen. O padre em alguns momentos até tentou quebrar o climão ao sugerir para Katleen pedir alguns ingredientes, mas a líder estava irreversível.

Por ser uma prova de apresentação de pratos para profissionais, os chefs foram extremamente exigentes com as ideias dos cozinheiros amadores. Paola Carosella, por exemplo, fez um silêncio de reprovação quando Maria Antônia sugeriu fazer uma “trouxinha” de carpaccio ou então fazer um “sanduichinho”. A cara da Paola estava um deleite para o público apreciador de erros dos participantes.

Paola e Maria Antonia, Masterchef 2018

 (Band/Reprodução)

Os pratos tiveram todos os tipos de imprevistos possíveis. O carpaccio de Katleen ficou feio, o nhoque de batata roxa de Maria Antônia desmanchou na água e todos os times tiveram problemas na hora de dispor os alimentos no prato. Foi uma correria para colocar tudo correndo, pois os garçons já estavam levando.

Por sorte, a comissão julgadora não ficou sabendo desses improvisos e achou tudo muito bom no geral. A disputa entre os dois times ficou acirrada até o final, quando Erick Jacquin precisou desempatar. Assim, Maria Antônia e seu time estavam salvos da Prova de Eliminação.

Lagostins contra todos

Sorte de Maria Antônia e seus aliados terem vencido a primeira prova, afinal o desafio que garantiria a eliminação estava especialmente difícil. Seguindo a tradição de apresentar algum ingrediente pouco usado pelos participantes (pela raridade ou preço), Paola Carosella mostrou a estrela da prova: lagostim. Na primeira etapa, mais técnica, eles tinham quinze minutos para descascar e limpar 10 lagostins. Um trabalho delicado e minucioso, mas o programa “facilitou” ao ensinar aos cozinheiros o que fazer através de um rápido workshop promovido pela chef.

Foi um exaustivo teste de paciência e destreza. Com uma habilidade impecável, além de uma apresentação simétrica e bela, Hugo saiu melhor no desafio e conseguiu ir direto para o mezanino. Restavam então apenas Katleen, Victor Hugo e Evandro na difícil tarefa de criar um prato cujo protagonista devia ser o lagostim.

Lagostim no Masterchef 2018

 (Band/Reprodução)

Katleen tentou fazer uma releitura moderna do fruto do mar enquanto Victor Hugo e Evandro “meteram o loko” nessa prova. Os dois tomaram decisões extremamente inusitadas, para surpresa dos chefs jurados. O padre decidiu fazer seus lagostins defumados (com direito a uma fumaça invadindo toda a cozinha do programa) e seu adversário escolheu transformar o ingrediente num tempurá.

A ousadia de Evandro teve seu preço: por mais que Paola Carosella tenha gostado e Henrique Fogaça tenha ficado 70% satisfeito, Jacquin odiou a iguaria defumada. Já Victor Hugo não agradou os chefs com seu prato insosso. Por ter ido melhor que os dois, Katleen conseguiu se salvar e garantir uma vaga no Top 5… mas quem sairia daqueles dois?

Os chefs começaram um discurso sobre o que seria justo, afinal eles não chegaram a qualquer conclusão previamente, e explicaram que o ideal era eliminar os dois participantes. A notícia caiu como uma bomba para o mezanino, que lamentou muito a eliminação de dois competidores tão fortes. Provavelmente todos pensaram que as eliminações duplas haviam acabado nas etapas iniciais do programa, quando ainda havia muita gente no estúdio. Ledo engano.

Evandro e Victor Hugo eliminados do Masterchef

 (Foto:Carlos Reinis/Band/Divulgação)

Thiago, Eliane, Maria Antônia, Katleen e Hugo sobreviveram e estão no TOP 5, mas o próximo desafio promete ser ainda mais complicado. Vai todo mundo sentir saudade do lagostim quando descobrir o desafio da próxima semana: jacaré. Chega logo, terça-feira que vem!!!

 

 

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!