Matthew McConaughey: “Gosto de mexer com a terra, cortar a grama”

Matthew McConaughey faz filmes românticos, mas gosta mesmo é de cenas de ação: ele cozinha, corta a grama, capina o mato... E enfrenta qualquer pergunta sobre a vida pessoal

Matthew McCounaughey: galã sem frescura
Foto: Divulgação

Celebridades costumam impor uma condição aos jornalistas que pedem para entrevistá-las: só topam a conversa se não tiverem de falar sobre a vida pessoal. Mas com Matthew McConaughey foi diferente. Ele topou conversar desde que não fizéssemos nenhuma pergunta sobre seus novos projetos no cinema. Seja como for, não reclamamos da condição imposta pelo ator.

Assim pudemos perguntar sobre a vida dele com a mulher, a modelo brasileira Camila Alves, sem ter de enfrentar nenhuma cara feia. Casados há sete anos, eles têm dois filhos: Levi, de 3 anos, e Vida, de 2. E fazem o tipo desencanados – já moraram até em trailer na praia e dispensam babás. Falamos com ele em sua primeira visita a São Paulo, em abril, quando esteve na cidade para divulgar uma grife masculina da qual é garoto-propaganda.

A Camila já ensinou você a falar português?
Ainda não, e prefiro que continue desse jeito. Assim ela pode falar mal de mim para a mãe dela na minha frente e fazer fofocas sem que eu entenda nada! Isso é muito saudável em um relacionamento.

Ser pai é a parte mais difícil da sua vida?
Ao contrário, não acho nada difícil. Minha missão é ajudar a construir um ser humano, e isso é encantador. Serei responsável por eles por pelo menos 18 anos. É um papel épico! Envolve bastante responsabilidade, é verdade, mas tem muitas recompensas.

Você se identifica com seus personagens de comédias românticas?
Você está querendo saber se sou romântico? Acho melhor perguntar para a Camila. Ela vai saber responder isso direito. Digamos que tenho meus momentos… Mas, quando faço alguma dessas coisas que as pessoas costumam chamar de “românticas”, do tipo mandar flores ou fazer um jantar à luz de velas, a Camila já sabe que vou demorar alguns meses para ter uma atitude assim outra vez… Por outro lado, acho que até a vida de quem não é romântico é muito mais intensa do que as comédias românticas mostram. Na vida real, você ama muito mais, trabalha muito mais…

Bom, você já disse por aí que conhecer a Camila mudou sua vida…
Ela é uma mãe maravilhosa, uma esposa excepcional e me ajuda a ser um ser humano melhor, como ninguém conseguiu nessa vida. É bastante coisa!

Você já conheceu a Bahia e Minas Gerais e passou um carnaval no Rio. Gostou da festa?
O que mais me impressionou é que as pessoas parecem 100% felizes. É como se todo mundo aqui fosse rico! Já fui para o Rio algumas vezes e acho que a cidade é uma espécie de Los Angeles do Brasil. Mas nunca tinha vindo para São Paulo. Só fui do aeroporto até o hotel, e já entendi uma coisa: tem muito trânsito aqui! O dia a dia de quem mora nessa cidade não deve ser fácil. Mas ela tem um clima meio Nova York, o que é bem interessante. Quero voltar para cá na Copa do Mundo e durante as Olimpíadas.

 

Matthew McConaughey: "Gosto de mexer com a terra, cortar a grama"

Família reunida: Camila Alves, Vida, Matthew e Levi
Foto: Getty Images

O que você faz quando quer relaxar?
Gosto de dançar e passear pela minha propriedade no Texas, mexer com a terra, cortar a grama. Amo fazer trilhas com meu filho. E principalmente cozinhar. Não tem nada melhor do que reunir a família em volta de uma mesa e ficar cozinhando por umas cinco horas seguidas. Minhas especialidades são peixes e frangos. Até moqueca eu já aprendi a fazer! E minha sogra me ensinou como se faz a versão brasileira do estrogonofe.

Que truque culinário você ensinaria para cozinheiros de primeira viagem?
Meu segredo é ter sempre vários tipos de molhos à mão. Primeiro porque eles são muito saudáveis. Depois porque conseguem fazer com que um mesmo prato fique com uma cara diferente. Você está comendo a mesma coisa, mas não é a mesma coisa, entende?