Morde & Assopra: Dulce pode morrer!

A passagem da faxineira, contudo, seria cercada por uma aura de espiritualidade

Os súbitos problemas de saúde de Dulce podem ocultar uma doença grave
Foto: Divulgação/Rede Globo

Na semana passada, uma onda de rumores sobre a morte de Dulce (Cassia Kis Magro) deixou todos consternados. A personagem mais marcante da trama das 7 conquistou a simpatia geral com sua humildade e amor. E, naturalmente, o público torce para que ela seja muito feliz ao final da novela, no mês que vem.

Ninguém duvida, no entanto, de que o autor Walcyr Carrasco possa dar este desfecho à personagem, como fez, por exemplo, com os protagonistas Serena (Priscila Fantin) e Rafael (Eduardo Moscovis) em Alma Gêmea (2005). Até porque ele poderia revestir a cena com uma aura especial e Dulce teria uma morte com a certeza da reencarnação ou da plenitude em outro plano.

A verdade é: a vendedora de cocadas passa mal de vez em quando. E pode, sim, constatar que tem uma doença grave. Mas a morte só iria ocorrer no último capítulo. Até lá nós todos vamos torcer para Dulce se casar e ter uma vida gostosa com direito a muito amor, descanso, fartura e um belo tratamento nos dentes.

Guilherme (Klebber Toledo), que tanto rejeitou a mãe e pelo visto vai se regenerar, ganhará o hotel de Diogo (Cacá Amaral) e ficará rico, ao lado de Alice (Marina Ruy Barbosa).

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!