Morre B.B. King, o rei do blues americano, aos 89 anos

Apesar dos problemas de saúde, o artista ainda fazia apresentações anuais e se mantinha em contato com o público

Aos 89 anos, o músico B.B. King, mais conhecido como o “Rei do Blues” e considerado um dos melhores guitarristas de todos os tempos, morreu na madrugada desta quinta-feira (14), em Las Vegas, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pelo seu advogado, Brent Bryson, na manhã desta sexta-feira (15). Na página oficial do artista, foi comunicado que ele morreu às 21h40 do horário local, por volta das 9h40 do horário oficial de Brasília.

 

Mr. King passed peacefully in his sleep at 9:40pm Pacific Time on May 14 2015

Posted by BB King on Sexta, 15 de maio de 2015

 

No início do mês de abril, King foi hospitalizado após sofrer uma desidratação decorrente da diabetes tipo 2, doença com a qual convivia há mais de 20 anos. Há poucos dias, no entanto, ele voltou a ser internado por conta de um pequeno ataque cardíaco. No dia 1º de maio, ele mandou um recado aos fãs através do Facebook, no qual dizia que já estava de volta à sua residência e agradecia aos que estimaram suas melhoras.

 

A Message From B,B,”I am in home hospice care at my residence in Las Vegas.Thanks to all for your well wishes and prayers.”B.B. King

Posted by BB King on Sexta, 1 de maio de 2015

 

A lenda do blues era integrante do Hall da Fama do Rock and Roll desde 1987 e tinha uma carreira de sucesso há quase 60 anos. Com canções que marcaram época, como Three O’clock Blues, Rock Me Baby e When love comes to town, ele conquistou 16 prêmios Grammy e mais de 50 álbuns. Sua última turnê no Brasil aconteceu em 2012, quando passou por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Riley Ben King se casou duas vezes. Sua primeira esposa foi Martha Lee Denton, com quem viveu entre 1946 e 1952. Mais tarde, entre 1958 e 1966, ele se uniu a Sue Carol Hall. O artista deixa 14 filhos e mais de 50 netos.

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!

Tudo sobre