Novela Bela, a Feia: Bela escapa da morte e se transforma numa linda mulher

Passando-se por morta depois de um atentado, ela voltará para se vingar de todos que a humilharam

A transformação finalmente acontece!
Foto: Thiago Bernardes

A megera Verônica (Simone Spoladore) bola um plano fatídico para acabar com Bela (Giselle Itié). A executiva exige que Dinho (Thierry Figueira) se passe por um comprador de carros e, assim, mate a secretária. O rapaz fica receoso com a ideia, mas pede ajuda ao pai, Ataulfo (André Mattos). Antes do encontro acontecer, Bela acaba achando o pen drive perdido e liga para Vera (Silvia Pfeifer) dizendo que recuperou as provas para desmascarar Verônica. As duas marcam de se ver no mesmo estacionamento onde Bela levará o carro do seu pai para ser vendido. No dia exato, a então feiosa chega com o veículo de Clemente (Bemvindo Sequera) e encontra Dinho disfarçado. Vera aparece em seguida e fica observando a amiga. De repente, a jovem é ameaçada com uma arma pelo bandido, entra no carro e os dois saem em disparada.

Sem celular para chamar a polícia, Vera segue o automóvel. Dinho manda Bela seguir por uma estrada deserta e encontra Ataulfo. Lá, os dois humilham a moça, amarram-na dentro do carro, deixam uma bomba acionada e fogem. Ao ver a cena, Vera fica em pânico, mas sem que os canalhas vejam, salva a amiga da grande explosão, que faz os vilões acreditarem que Bela foi exterminada. A mãe de Rodrigo (Bruno Ferrari) ajuda a secretária e a leva para sua casa. Numa triste conversa, Vera ainda afirma: Bela não poderá contar a ninguém, nem à sua família, que está viva. A moça concorda e jura vingança contra todos os que a humilharam. Muito melhor: nos próximos capítulos, ela voltará linda, deslumbrante e irreconhecível à agência +/Brasil. Rodrigo, prepare-se!!!