Novela Caminho das Índias: Duda faz da vida de Maya um inferno sem fim

Inconformada com o casamento de Raj, ela arma uma terrível vingança

Siga o mdemulher no Instagram

Louca de ciúmes de Maya, Duda irá persegui-la e prejudicá-la
Foto: Divulgação/ Rede Globo

Conforme previsto na profecia de seu destino, Maya (Juliana Paes) enfrentará muitas tempestades após o casamento com Raj (Rodrigo Lombardi). A maior delas atende pelo nome de Duda (Tânia Khalill).
 
A brasileira infernizará a vida da indiana ao notar que Raj, depois de casado, cairá de amores pela esposa, fascinado por sua beleza, sensualidade e doçura.

Do amor ao ódio

O lado mau de Duda aflora assim que ela aceita ser a amante de Raj e se muda para a Índia a fim de ficar junto dele. Só que, com o passar do tempo, ela percebe que o amado já não é mais o mesmo e que a relação dos dois está esfriando. Sem querer, Maya contribuirá e muito para esse distanciamento do casal. Isso porque, abandonada por Bahuan (Márcio Garcia), ela começa a desprezar severamente o intocável e assume seu casamento disposta a tudo para esquecer o homem de sua vida, conquistar Raj e ser uma esposa fiel e dedicada a ele.

O começo do pesadelo

O drama pessoal de Maya terá início já nos próximos capítulos. Antes de subir ao altar com o comerciante, ela tentará fugir com Bahuan para os Estados Unidos, como combinado por ambos. Horas antes, porém, o gato manda uma carta para a jovem pedindo-lhe que fique na Índia e o espere por um ano.
 
Inconformada com a decisão de Bahuan, Maya se apronta para escapar de casa e ir atrás dele. Firme em seu propósito, a morena enfrenta a mãe, Kochi (Nívea Maria), que a flagra saindo com uma mala na mão, e parte em disparada. Maya vai procurar o moço no aeroporto, mas os dois acabam se encontrando antes, no mesmo local em que se conheceram. Lá, Bahuan explica: por ser um intocável, se sente como um monte de poeira e quer vencer e enriquecer nos Estados Unidos para então, sim, buscá-la na Índia e, finalmente, viverem seu amor em paz. Ele justifica que se não partir com o dinheiro dado pelo pai, Shankar (Lima Duarte), para construir sua vida, jamais poderia sustentá-la com dignidade.
 
Bastante decepcionada, Maya acusa Bahuan de estar trocando-a por poder e dinheiro. Ainda assim, implora ao jovem que a leve com ele. Numa cena que promete muita emoção, sem dó nem piedade, Bahuan vira as costas e abandona Maya na rua, debaixo de chuva e aos prantos. Arrasada, ela volta para seu lar e, humilhada, ainda enfrenta a fúria de Kochi, que bate a porta na cara da filha disposta a expulsá-la. Segundos depois, contudo, a boa mãe se arrepende e a acolhe com todo o carinho, sem revelar nada ao marido, Manu (Osmar Prado).
 
Os dias passam e, quando se recupera da depressão, Maya resolve se reerguer, obedecer aos pais e ser a melhor mulher do mundo para o noivo. Cheia de ódio de Bahuan, ela troca o número de seu celular e queima todas as cartas que ele passa a lhe enviar, disposta a arrancá-lo de vez de seu coração.
 
Após o matrimônio, e já louco de amor por Maya, Raj tentará em vão se livrar de Duda, que se tornará uma mulher obsessiva. Será nesse momento que os sentimentos mais cruéis da brasileira começarão a se manifestar. Sentindo-se rejeitada, ela passará a perseguir e prejudicar Maya tentando afastá-la de Raj a todo custo.