Novela Caminho das Índias: Maya e Raj se casam, para desespero de Bahuan

O intocável cai em depressão ao ver que perdeu o grande amor de sua vida

Maya e Bahuan se casam apesar
de não se amarem
Foto: Divulgação/ Rede Globo

Desesperados e dispostos a tudo para limpar a honra da filha, Maya (Juliana Paes), Manu (Osmar Prado) e Kochi (Nívea Maria) decidem apressar o casamento dela, para que a reputação da família não fique manchada. Sem saber que a jovem indiana já se entregou a Bahuan (Márcio Garcia), Manu procura Pandit (José de Abreu) a fim de que o sacerdote agilize com os parentes de Raj (Rodrigo Lombardi) a realização da cerimônia. E os dois fazem grandes planos de uma bela festa para unir as famílias. 

Sem perder a chance de conseguir mais dinheiro, Pandit trata logo de conversar com Opash (Tony Ramos) a fim de negociar o pedido de aumento do dote de Maya. O que, aliás, será aceito.
Enquanto isso, Shankar (Lima Duarte) resolve testar os sentimentos de Bahuan. Certo de que o amor de seu filho adotivo por Maya não passa de paixão da juventude, o brâmane oferece muito dinheiro para ele começar sua vida profissional em outro país, como é o sonho de Bahuan. Apesar de balançado, o dalit decide adiar os planos de fuga e de união com Maya bem longe da Índia.
 
Na manhã seguinte, durante um jogo de polo, Bahuan, finalmente, conhece seu rival, Raj. Pressentindo estar diante do homem que iria roubar seu grande amor, Bahuan perde o controle, não resiste a um desentendimento durante a partida e dá um soco no adversário.
 
Por seu lado, mesmo percebendo que os pais estão aflitos para casá-la com o herdeiro de Opash, Maya continua enganando a mãe e se encontrando com Bahuan. Certo dia, ao voltar para casa, a morena se esconde atrás das cortinas até chegar ao seu quarto. Porém, no meio do caminho, dá de cara com Kochi, que, já bem desconfiada, espera a filha com uma toalha na mão, pronta para lhe dar uma boa surra. 

O fato é que as tradições e o destino cruel vão, mesmo, separar Maya de Bahuan. Para total desespero do intocável, a mulher de sua vida se une a Raj numa festa memorável, diante de muita gente. E a tristeza que envolve esse triângulo amoroso é sem fim. Apesar de estar deslumbrante, Maya não esconde o sofrimento no olhar. O mesmo se pode dizer de Raj, que segue amando Duda (Tânia Khalill), outra que quase morre de tanto chorar ao ficar sabendo sobre o matrimônio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s