Novela Poder Paralelo: Caló tenta matar Bruno

O italiano descobre que o empresário é o assassino da condessa Marina e de suas netas e quer vingança

Siga o mdemulher no Instagram

Caló tentará matar Bruno, mas será desarmado
Foto: Divulgação

Um violento desejo de vingança toma conta de Caló (Gracindo Jr.) quando ele descobre que Bruno (Marcelo Serrado) é o Guri, assassino de sua nora, Marina (Daniela Galli), e das gêmeas, filhas dela e de Tony (Gabriel Braga Nunes). 

O patriarca dos Castellamare, que arrenda o restaurante O Caçador, no Hotel Diana, vai direto para a suíte de Bruno e saca sua arma. Antes que consiga atirar, porém, André (André Bankoff ) e um segurança aparecem e dão uma pancada no braço do italiano, desarmando-o. 

Com um sorriso irônico, o empresário mafioso manda que levem o revólver e o deixem a sós com Caló. Então, diz que não queria matar Marina e as meninas, mas que tinha chegado ao limite. E, para humilhar o outro ainda mais, deixa escapar que tem honra quem detém o poder. 

Em seguida, o crápula desfaz o negócio do restaurante, prende Caló na suíte e avisa a Tony, que segue para o local imediatamente. O agente da polícia americana leva o pai e lhe explica que tem uma estratégia para acabar com seu inimigo. 

A seguir, pede a ele que volte para a Itália com toda a família e fique por lá durante algum tempo. Mas o chefe da família não aceita, pois pretende lutar ao lado do filho. Durante esse tempo, Paulo (Nicola Siri), que também foi para o Diana, some. Tony manda Tereza (Sônia Lima) entrar no hotel atrás dele. Se alguém tentar impedir, farão um escândalo.