O novo CD de Fábio Jr.

O novo trabalho do cantor é resultado de um especial feito há dez anos

O novo trabalho do cantor é resultado
de um especial feito há dez anos
Foto: Jakelyne Lechinewski

tititi – O seu novo CD e DVD é resultado de um especial da Record feito há dez anos?
Fábio Jr. Isso mesmo, a Record queria me contratar na época para fazer um programa. Mas antes de fechar rolou um especial de final de ano, que foi esse de 1998.

E por que só lançar esse trabalho agora?
Há uns quatro anos, eu disse ao Celso (Giunti, empresário do cantor): “Véio, eu tenho um projeto lindo”. Mostrei a fita original do programa pra ele e falei que queria fazer alguma coisa com aquilo. De três anos pra cá, ele e o pessoal da Record e da gravadora ralaram pra caramba para conseguir realizar o meu sonho. Agradeço a cada um deles.

Foi muito difícil concluí-lo?
Olha, pra gente conseguir chegar a um padrão de qualidade de imagem e de som, demorou. Tivemos que abrir toda a parte acústica de novo, bateria, guitarra, os vocais, foi complicado. Mas ficou um trabalho muito bonito, emocional…

E como as convidadas foram escolhidas na época?
Foi tudo simples e espontâneo, bem rápido. A gente ia pensando no repertório e os nomes das convidadas surgiam. Acontecia assim: “Pô, esta música aqui ficaria legal com a Fernanda Abreu, e esta com a Zélia Duncan…” Aí a gente começou a viajar na maionese, e elas também, graças a Deus (risos). Fomos pensando nos nomes, convidando e todas toparam.

Elas fizeram algum tipo de exigência?
Em nenhum nível houve exigência. Foi um convite. Elas aceitaram cantar meu repertório e eu cantei algumas músicas delas. A da Adriana Calcanhoto, Mentiras, eu pedi pra cantar (risos). Ela é maravilhosa, campeã.

Tem alguém que ficou de fora do projeto? E com quem você gostaria de cantar hoje?
Tem uma pessoa que eu gosto muito e sei que ela gosta muito de mim, que é a Ana Carolina, uma cantora maravilhosa. Mas há outras também, se eu começar a falar, a gente vai montar o Elas Dois aqui (risos).

Você pensa em fazer um segundo CD nesse sentido?
Não tem nada planejado ainda. Mas antes disso eu queria fazer um segundo Minhas Canções. (O CD foi colocado no mercado em 2006 com regravações de Fábio de sucessos consagrados na voz de vários outros artistas, como Ivete Sangalo, Skank, Juca Chaves, Titãs e Cazuza).

O seu público é de todas as idades. Na sua opinião, porque você atrai variados tipos de fãs há tanto tempo?
A minha idade mental (risos)… Eu sou muito mais jovem que vocês.

Tem planos de ter mais filhos? (Ele é pai de Cleo, Tainá, Krizia e Filipe)
Tenho vontade de dar um filho pra Mari, só não sei quando. Essas coisas a gente não planeja assim, né?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s