Orange Is The New Black: relembre 10 grandes bafos da 3ª temporada

Porque antes de maratonar a nova temporada vale a pena refrescar a memória, né?

As detentas de mais babadeiras da Netflix estão de volta e a quarta temporada promete! Só que depois de um ano longe da trama é bem fácil esquecer de alguns detalhes, né? Então, antes de começar a maratona, relembre alguns dos momentos mais memoráveis dos últimos episódios.

1. Os dramas da Pennsatucky.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Ela já foi a personagem mais odiada da série, mas na terceira temporada tudo mudou, pois a gente pode conhecer quem ela é de verdade. Já no primeiro episódio, ao lado de Big Boo, ela protagoniza uma das melhores cenas da temporada, em que faz um pequeno memorial a todos os bebês que abortou. Depois disso, o flashback em que ela menstrua pela primeira vez é um soco no estômago, quando sua mãe diz que ela agora é mulher e que deve deixar que os homens usem seu corpo.Conselho que a menina, infelizmente, passa a seguir. O desfecho dessa imersão na vida da personagem é ainda mais triste, quando ela é estuprada por um guarda, que parecia ser um cara legal até então. Pennsatucky conseguiu trazer para a série uma carga dramática que ninguém esperava e foi um imenso tapa na cara. A gente passou a entender o que levou ela a ser desse jeito. 

2. A briga entre Sofia e Gloria.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Benny e Michael (filhos de Gloria e Sofia, respectivamente) viram amigos e, logo depois, Sofia fica sabendo que Michael está se metendo em brigas e arranjando confusão na escola. Ela logo coloca a culpa em Benny, numa atitude pontuada por xenofobia. Ao final, a culpa nem era do garoto latino, mas Sofia não pede desculpas e acaba empurrando Gloria de forma violenta. Ela se arrepende, mas já é tarde demais. Gloria espalha um rumor sobre Sofia ainda ter pênis e isso resulta numa cena bem chocante, em que várias mulheres atacam e espancam a transexual. Ao final, Sofia é colocada na solitária “para sua própria segurança”, num desfecho carregado de transfobia. 

3. A transferência de Nicky.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Já no terceiro episódio a gente teve que lidar com esse baque! Por causa de um esquema de tráfico de heroína, Nicky foi transferida para um presídio de segurança máxima e simplesmente sumiu da série. Será que ela volta na quarta temporada? Oremos!

4. Soso e a tentativa de suicídio.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Ninguém dava muita bola para a personagem até então, mas tudo mudou quando ela começou a ganhar destaque por conta da depressão. Ela tenta se matar usando remédios mas é salva por Poussey, Taystee e Crazy Eyes, sendo aceita no grupo das negras. Aí Soso e Poussey passaram a protagonizar algumas das cenas mais fofas da temporada! Será que nos próximos episódios elas finalmente vão virar um casal? Torcida é o que não falta, já que há horas a gente está querendo ver a Poussey (fofaaaaaaa!) se dando bem no amor. 

5. Piper badass.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Ela já tinha colocado as garrinhas de fora na segunda temporada, mas foi na terceira que Piper realmente começou a mostrar quem é de verdade. A começar pelas reviravoltas com a Alex: ela confessou que fez a denúncia para que a ex voltasse a ser presa, mas OK, as duas fizeram as pazes (e um sexo caliente, diga-se de passagem). Só que aí ela vai lá e trai a Alex com a Stella (também conhecida como o sonho de consumo da terceira temporada)! Enquanto isso, ainda surgiu o bussiness bizarro das calcinhas usadas vendidas pela internet (aliás: WTF?), em que ela basicamente explora as outras detentas. Por fim, ainda teve a vingança contra Stella e a tattoo que resumiu o mood da coisa toda: “trust no bitch” (não confie em nenhuma vadia). 

6. Nasce a filha de Daya.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Pausa para odiar muito o Bennett, que até então era o cara mais fofinho da série. Como assim ele simplesmente some porque não aguentou o tranco de ver o quanto o padrasto da Daya é escroto? Bom, sem contar que a moça ainda precisa lidar com o mau-caráter da própria mãe e com o fato de que agora não vai mais receber ajuda da mãe rica do Mendez (que havia se oferecido para criar a criança, mas muda de ideia por influência da Aleida). 

7. A privatização de Litchfield.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Além dos dramas das detentas, a terceira temporada também focou nas tretas por trás da administração de Litchfield. Caputo descobre que a prisão será fechada e vê na privatização a única alternativa para que isso não aconteça. Só que a verba passa a ser bem menor e o corte de custos afeta uma série de coisas, como a qualidade da comida, por exemplo. E na quarta temporada ainda vai rolar um outro problemão: a penitenciária vai ficar superlotada com a chegada de várias novas detentas. 

8. Big Boo maravilhosa.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Assim como Pennsatucky e Soso, Big Boo também trouxe uma carga dramática inesperada para a terceira temporada. O diálogo entre ela e seu pai no hospital entrou para a lista dos melhores flashbacks da série. O tema foi LGBTfobia, pois o pai a impede que Big Boo veja sua mãe doente, já que ela está “se fantasiando” de homem. A resposta é um manifesto sobre o direito de cada um ser do jeito que é, que ela finaliza com a frase “eu me recuso a ser invisível”. Emocionante demais! Também foi muito bonito ver a improvável amizade iniciada entre ela e Pennsatucky e o apoio que ela dá à amiga quando descobre sobre o estupro. 

9. Crazy Eyes escritora.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

A gente ama a Suzanne desde sempre e foi maravilhoso ver ela virar uma celebridade em Litchfield por conta daquele livro erótico bizarro. O flerte entre ela e a nova detenta Mauranne também foi uma boa surpresa na terceira temporada. 

10. Red volta a comandar a cozinha.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Realmente deu para acreditar que estava rolando um clima entre ela e Sam Healy, mas era tudo um grande truque para tirar Gloria da cozinha. Destruidora mesmo! O problema é que, com o corte de verba, a qualidade da comida que chega ao presídio vai de mal a pior. Como será que a russa vai resolver essa treta na quarta temporada?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s