Os brindes inusitados e milionários dados aos perdedores do Oscar

Quem não leva a estatueta, não precisa ficar triste. No lugar, presentes inusitados e milionários

Siga o mdemulher no Instagram

Os indicados às principais categorias do Oscar não voltam de mãos vazias para casa. Desde os anos 1970, os “perdedores” levam um prêmio de consolação repleto de mimos um tanto curiosos. Contigo! fez um levantamento e descobriu quais foram esses brindes – e quanto custaram – nos últimos três anos. Confira!

457 mil reais

Entre os “presentinhos” deste ano, estão um luxuoso passeio de trem pelas montanhas do Canadá, por 40 mil reais, e uma consulta espiritual, com direito à análise de sonhos e previsões para 2015, que custa cerca de 57 mil reais. Esta é a “sacolinha” mais cara de todas já entregue, batendo a de 2005, avaliada em 429 mil.

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

228 mil reais

As cortesias do ano passado também eram tão luxuosas quanto as entregues na última edição. Além dos destaques acima, ainda veio um curioso procedimento estético chamado O-Shot, que promete aumentar o orgasmo feminino, por 7,7 mil reais. No entanto, os brindes não podem ser dados para outras pessoas, somente os indicados podem usufruir dos benefícios, que são entregues diretamente na casa de cada um, na manhã seguinte à cerimônia.     

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

128 mil reais

Os brindes, que recebem um curioso título de “Todo Mundo Ganha na Sacola dos Indicados”, foram mais modestos em 2013, mas não menos interessantes. Um serviço exclusivo no aeroporto de Heathrow, em Londres, por 5 mil reais, estava entre alguns dos destaques. No entanto, a mordomia tem um preço, ou melhor, altos impostos. Em 2006, a Receita Federal americana obrigou a Academia a pagar impostos pelos privilégios e, por isso, a instituição votou pelo fim da prática. Então, a empresa Distinctive Assets, que distribui as sacolas há 14 anos, assumiu o comando de vez e garantiu que os astros terão que pagar impostos sozinhos.