Pabllo Vittar fez Ed Motta chorar vendo uma de suas apresentações

A confissão emocionada e cheia de elogios foi feita pelo próprio cantor, em seu Facebook.

Enquanto alguns ainda insistem em desvalorizar o trabalho de Pabllo Vittar – quem se lembra da polêmica entre um apresentador do SBT e a lata de Coca-Cola estampada com a foto da cantora? – Ed Motta, que afirmou não saber muito sobre a obra de Pabllo, já em um primeiro contato com a voz da cantora fez questão de enaltecer seu talento. Ele confessou ter até se emocionado ao ver uma de suas apresentações mais recentes.

Motta fez um ~textão no Facebook, acompanhado por um vídeo de Pabllo soltando a voz, para assumir que ela e sua cantoria lhe arrancaram algumas lágrimas. Ele abriu o texto dizendo que costuma ter certo “preconceito” com artistas considerados mais “populares”, mas que há exceções.

Ed Motta confessa ter se emocionado com apresentação de Pabllo Vittar

 (Facebook.com/EdMotta/Reprodução)

A performance responsável por deixar o lado emotivo de Ed Motta aflorar foi a da canção “I Have Nothing”, originalmente interpretada por Whitney Houston. Escolhida por Pabllo para uma palinha no programa “Altas Horas”, da Rede Globo, a cena foi ao ar no último sábado (30/12). Vamos refrescar sua memória:

“Essa semana tive uma surpresa imensa assistindo o vídeo da Pabllo Vittar cantando um grande sucesso da Whitney Houston. Eu chorei de verdade vendo porque não imaginava essa musicalidade, timbre lindo nas notas graves e quando atingiu as notas altas foi com propriedade”, desabafou.

O post vem repercutindo na rede social e já contabiliza mais de 4.600 reações e 750 compartilhamentos. Ed chamou atenção, ainda, para os ataques de ódio gratuito e homofobia que a cantora vem sofrendo por aí, principalmente por ser uma drag queen assumidamente gay. “Pabllo Vittar tem meu respeito”, completou.

O texto na íntegra você confere abaixo:

A atitude de Ed causou revolta em alguns de seus seguidores, que o criticaram por enaltecer a voz de Pabllo. Como resposta, ele escreveu nos comentários:

“Salve pessoal!

Eu agradeço pela participação na publicação, opiniões contrárias são necessárias.

A questão é, em nenhum momento comentei sobre o trabalho artístico, o repertório, o disco, o show de Pabllo Vittar.
O que fiquei realmente impressionado foi com a qualidade vocal, não imaginava isso.

Deslize? Desafinação? Isso pode ser trabalhado, lapidado.

Quem tem talento pode melhorar eternamente, se estudar, se dedicar.

Eu trabalho em estúdio quase que o tempo inteiro da minha vida , conheço bem o timbre, o som dos corretores de afinação digitais, eu tenho um ouvido razoável, eu não consigo escutar essa maquiagem posterior no som que estaria favorecendo a performance.

Um abraço, Ed”