Paola Carosella definiu a 1ª prova do MasterChef como “show de horrores”

Temporada 2019 chegou com festival de nhoque e participante roubando ingredientes.

Acabaram os duelos e as disputas pelos aventais brancos, agora temos 19 aspirantes a chefs no estúdio da Band e apenas um sairá com o troféu de melhor masterchef ao final da temporada. E como foi esse primeiro programa “normal” do ‘MasterChef Brasil‘? TENSO. Com competidores que ainda não pegaram o jeitinho televisivo de lidar com pressão, sobraram pratos queimados, respostas desaforadas e apresentações horrorosas.

O primeiro desafio da noite foi da Caixa Misteriosa. Todos os cozinheiros ficaram diante de uma caixa de madeira que continha itens para um prato… quer dizer, um deles ficou sem. Por ter se posicionado meio tardiamente, Fernando ficou sem uma Caixa Misteriosa para chamar de sua, e aí começou a dinâmica: ele teve a chance de roubar um ingrediente de cada um dos demais e formar sua própria caixa misteriosa.

Com alguns vegetais, temperos e uma peça de porco, os participantes se aventuraram em pratos meio iguais, mas de experiências diferentes. Alguns foram grandes destaques, como Rodrigo que improvisou um nhoque de feijão (!!!). Não ficou tão bom assim e teve vários defeitos técnicos, mas a ousadia foi elogiadíssima por Paola Carosella e Erick Jacquin. A vitória, no entanto, ficou com André, que sobreviveu à pressão da prova e à uma bronca fake de Henrique Fogaça.

Escolhido como o melhor, André teve a chance de escolher dois dos participantes para subirem ao mezanino… porém não podia escolher quem seus colegas vetassem. Pois é, gente… as twists incentivando barracos seguem firmes e fortes na atual temporada do ‘MasterChef Brasil 2019’.

A prova de eliminação foi especialmente complicada: os cozinheiros precisaram preparar um nhoque sem usar batata. Embora estivessem à disposição de todo mundo bananas, mandiocas e muito mais, a grande maioria optou por repetir o nhoque de abóbora com ragu ensinado por Henrique Fogaça. Repetir só a ideia, porque na execução foi tudo uma catástrofe.

Imaculada sai do Masterchef 2019

 (Band/Reprodução)

Apenas dois participantes foram bem nessa prova, Janaína (que até venceu o desafio) e Eduardo. Os demais erraram tanto que Paola Carosella chegou a se referir a tudo como “show de horrores”, além de usar palavras como “sinistro” e “entristecedor” para classificar algumas das iguarias. Eu heim!

Ao final do episódio, sobrou para Imaculada. Seu nhoque não agradou nem um pouco, e a participante conseguiu também irritar os jurados com suas piadinhas fora de hora e seu costume de falar muito. Mesmo saindo logo no programa, ela demonstrou uma felicidade sem fim por ter participado desse projeto.

Quem será o próximo a sair do ‘MasterChef Brasil’?