Paolla Oliveira volta a se pronunciar após denúncia de pornô ligado a ela

A atriz desabafou sobre o quanto se sentiu atingida com a situação e enfatizou a importância de denunciar esse tipo de crime.

No começo de julho, Paolla Oliveira esteve envolvida em uma situação delicada. A atriz foi bombardeada por mensagens que afirmavam sua participação em um vídeo pornô. O motivo da confusão foi o nome da mulher que aparece nas imagens ser parecido com o dela.

De prontidão, Paolla informou que acionaria um advogado para tomar as devidas providências sobre o assunto e que não era ela no vídeo. Na última segunda-feira (15), a atriz voltou a se pronunciar sobre o assunto no Instagram após ter prestado depoimento sobre o caso na Delegacia de Repressão aos Crimes da Internet (DCRI), no Rio de Janeiro. 

Paolla foi enfática sobre a importância de tomar medidas judiciais sobre o assunto para incentivar outras mulheres que passam pelo mesmo. “Estive hoje na delegacia para cumprir um dever cívico, não só por mim, mas também por todas as mulheres que, diferente do meu caso, realmente tiveram sua intimidade exposta”, explicou a atriz. 

Ela destacou outro fato importante sobre a situação que viveu: o caso é mais um exemplo do crescimento absurdo da violência cibernética contra mulheres. Como mostra uma reportagem do “Correio Braziliense”, as denúncias de crimes cometidos na internet relacionados à agressão feminina saltaram de 961 em 2017 para 16.717 neste ano, segundo levantamento feito pela ONG SaferNet. Por isso, o apelo de Paolla sobre trazer o problema para âmbito jurídico é importante. 

Por fim, a atriz desabafou sobre gravidade da situação a qual foi submetida e também destacou o quanto foi afetada por ela. “Infelizmente, na era digital um simples celular acaba com a intimidade de pessoas públicas e anônimas. Foi muito VIOLENTO mesmo NÃO SENDO EU naquele vídeo, fico imaginando a dor de quem é realmente vítima de pornografia de vingança ou qualquer tipo de exposição da sua intimidade. A INTERNET NÃO SE APAGA. Cuidem-se. Nossa privacidade é um bem muito valioso pra entregar nas mãos de outras pessoas”, escreveu.

View this post on Instagram

Estive hoje na delegacia para cumprir um dever cívico, não só por mim, mas também por todas as mulheres que, diferente do meu caso, realmente tiveram sua intimidade exposta… Tomei conhecimento de que assim como eu, dezenas de pessoas procuram a delegia de crimes virtuais todos os dias, em sua grande maioria são mulheres que sofreram ofensas e ameaças de todos os tipos. NÃO SE CALEM. DENUNCIEM!!! Maior do que a vergonha de se ver exposta é a importância de não deixar esses crimes impunes. MENINAS, MULHERES, PESSOAS DE TODOS OS TIPOS, PROTEJAM-SE. Infelizmente, na era digital um simples celular acaba com a intimidade de pessoas públicas e anônimas. Foi muito VIOLENTO mesmo NÃO SENDO EU naquele vídeo, fico imaginando a dor de quem é realmente vítima de pornografia de vingança ou qualquer tipo de exposição da sua intimidade. A INTERNET NÃO SE APAGA. Cuidem-se. Nossa privacidade é um bem muito valioso pra entregar nas mãos de outras pessoas. Deixo aqui meu agradecimento especial a DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes da Internet). . . Ilustração: @deboraislas

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!