Dois participantes saem do ‘MasterChef’: um por escolha, o outro eliminado

Quem saiu do MasterChef nessa terça? Programa tem mais duas baixas e vai esvaziando rapidamente a cozinha com desafios culinários complexos.

Mais uma terça-feira chegou e com ela a certeza de que dormiremos tarde mais uma semana para ver o ‘MasterChef Brasil‘. E olha que no programa dessa semana o público foi jogado numa montanha russa de emoções. Teve gritaria na prova em grupo? Sim. Teve prova de eliminação que ninguém sabia fazer? Sim. E teve desistência? Também! Confira o que rolou no programa desta terça-feira (24):

A desistência

Assim que Ana Paula Padrão se reuniu com os chefs e os competidores naquele ambiente litorâneo do Porto de Santos, a apresentadora avisou que o grupo de participantes estava desfalcado: Carlos havia decidido abandonar o ‘MasterChef Brasil’ assim do nada, alegando problemas pessoais. Nós, o público do programa, ainda vimos um vídeo do cozinheiro amador se despedindo do público, mas a galera do reality lá no porto para a prova em grupo ficou a ver navios mesmo (trocadilho não intencional).

Carlos MasterChef 2018 Carlos, de 53 anos, é de São Paulo, capital. A cozinha italiana é seu ponto forte, mas diz fazer bem feito tudo que se propõe.

Carlos, de 53 anos, é de São Paulo, capital. A cozinha italiana é seu ponto forte, mas diz fazer bem feito tudo que se propõe. (Divulgação/Band)

Desafio no Porto de Santos

A prova em grupo no Porto de Santos teve um funcionamento mais simples que descascar batatas no porão de um navio. Divididos em grupos, os cozinheiros precisaram cozinhar para 100 funcionários do porto, mas com uma pegadinha: um dos grupos teria de usar produtos que o Brasil exporta (como café, manga e picanha) enquanto outro ficaria com produtos que normalmente importamos (como salmão, azeitona e limão siciliano.

Maria Antônia, a líder do time azul por ter ido bem no programa anterior, ficou os produtos de importação enquanto seu adversário Thiago (líder da equipe vermelha) escolheu ficar com os ingredientes que produzimos em abundância. Detalhe: Maria Antônia poderia ter escolhido os ingredientes, mas preferiu pegar de Ana Paula Padrão a oportunidade de escolher quem estaria em sua equipe. Esperta.

A equipe azul apostou em um salmãozinho sobre um purê de batata, enquanto seus adversários fizeram uma picanha, um tomatinho e uma farofa. Os dois times penaram muito para montar os 100 pratos necessários, e acabou sobrando até para o padre Evandro que levou uma senhora bronca de uma líder que não tem medo de cometer o pecado da ira:

Ao final da prova, os funcionários do porto votaram no prato favorito e, de lavada, o time azul levou a vitória para casa enquanto o time vermelho afundou (trocadilho não intencional, de novo).

A temível torta de pera

Reunidos novamente nos estúdios da Band, os chefs amadores da equipe perdedora vestiram seus aventais pretos e se prepararam para encarem todos juntos a prova de eliminação, certo? Nem tanto… Para semear a discórdia entre os participantes, Ana Paula Padrão ofereceu ao líder Thiago uma proposta ousada: ele poderia escolher se mandar para o mezanino, ou então selecionar três pessoas do seu grupo derrotado para essa imunidade. O líder escolheu se salvar por questão de probabilidade mesmo, pois salvando apenas ele mesmo aumentariam as chances dos demais cozinheiros.

Vinícius, Victor Hugo, Ana Luiza, Clarisse, Angélica e Hugo se viram diante de um desafio que muito MasterChef daria tudo para ficar de fora: uma prova de confeitaria. E das difíceis! A convidada Marilia Zylbersztajn entrou na cozinha com uma maravilhosa torta de pera e contou aos os cozinheiros que eles precisariam replicá-la. E o que tem de difícil nisso? Bem, os chefs não deram a receita, apenas os ingredientes. Para piorar, eles nem sabiam a medida certa dos itens que estavam na bancada (exceto o açúcar, que Paola Carosella revelou a proporção na receita).

Completamente às cegas, os cozinheiros partiram para o achismo com o intuito de replicar a receita da chef Marilia. Alguns tiveram mais sorte e arrancaram boas dicas, como Clarisse, já Vinícius tomou um coice de Paola por não ter entendido uma instrução sobre como eles deveriam fazer uma compota de pera. A prova teve uma dificuldade tão elevada que Erick Jacquin, que nada mais é que um dos jurados do programa, precisou perguntar para a confeiteira convidada como é que se fazia essa receita porque ele não fazia ideia. Acho que erraram de reality e colocaram essa prova na temporada de amadores sem querer.

Mesmo com tudo jogando contra, todos eles conseguiram entregar suas tortas. E, bem ou mal, todos replicaram decentemente a receita de Marilia Zylbersztajn. Henrique Fogaça percebeu que uma ou outra receita estava com a massa crua, mas tudo estava bem bonito e aparentemente gostoso. Jacquin se encantou com a torta de Vinícius, e comeu alguns pedaços a mais do que deveria como jurado. Ao final da prova, foi 0% de surpresa que ele acabou sendo o campeão do desafio (mesmo com o coice de Paola no começo).

Já a berlinda foi composta por Ana Luíza, que errou na composição geral do prato, e por Angélica que… bem… errou tanta coisa que nem teríamos espaço para comentar isso. Sendo assim, Angélica acabou sendo a eliminada da noite, mesmo com o programa já tendo uma desistência no comecinho.

Angélica saiu do MasterChef Brasil

 (Foto: Carlos Reinis/Band/Divulgação)

No próximo programa, os chefs terão um desafio inesperado na cozinha do ‘MasterChef Brasil’. Alguém aí falou em PROVA EM DUPLA???