Passione: Danilo põe os assassinos de seu pai na cadeia: Clara e Fred!

Sob efeito das drogas, ele testemunhou o extermínio de Saulo... E depois de se lembrar da cena, entrega os criminosos à polícia

Danilo testemunhou a morte do pai e vai acusar Clara e Fred pelo crime
Foto: Divulgação/Rede Globo

A morte de Saulo (Werner Schünemann) teve uma testemunha. Ninguém menos do que Danilo (Cauã Reymond), que será responsável por colocar Fred (Reynaldo Gianecchini), o verdadeiro assassino do pai, e sua cúmplice, Clara (Mariana Ximenes), na cadeia. 

Na verdade, o que motivou o crime foi o nascimento de Totó (Tony Ramos). Quando o filho de Bete (Fernanda Montenegro) nasceu, Eugênio (Mauro Mendonça), com a ajuda do pai de Fred, tratou de se livrar do recém-nascido, para que ele não herdasse a fortuna dos Gouveia. 

Muito mais tarde, Fred teve acesso a essa história por intermédio de anotações do pai e resolveu chantagear Eugênio. O bandido, inclusive, colocou Clara como enfermeira do empresário na mansão, para conseguir envenená-lo com a ajuda dela. Clara descobriu o paradeiro de Totó e ao contar a história a Fred, ele fingiu que nada sabia e partiu com ela para a Itália. 

Passione: Danilo põe os assassinos de seu pai na cadeia: Clara e Fred!

As circunstâncias que envolveram o assassinato de Saulo serão esclarecidas
Foto: Divulgação/Rede Globo

Quando Totó já estava no Brasil, Saulo ficou sabendo das armações de Fred e passou a chantageá-lo. A única maneira de o bandido deter Saulo era matando-o também. Segundo fontes de TITITI, o filho de Bete foi atraído ao motel por Clara, que lhe prometeu entregar Fred numa bandeja, e lá foi assassinado. 

Danilo, que vinha atrás do pai em busca de dinheiro, viu tudo e tentou ajudá-lo, o que explica a presença de sangue em sua roupa. Maldosa, Clara tentou convencer Danilo de que ele matou o próprio pai. Em choque, o rapaz bloqueou a cena em sua mente, mas irá se recordar dela à medida que seu tratamento avançar. Ele será o responsável por colocar Fred e Clara na cadeia.